MENU

26/11/2020 às 00h00min - Atualizada em 26/11/2020 às 00h00min

Bastidores


Investigação
O Ministério Público Federal (MPF) está investigando possíveis práticas de estelionato cometidas por 250 candidatos às eleições 2020 no Maranhão. O relatório encaminhado pelo Tribunal de Contas da União (TCU) ao Ministério Público Eleitoral aponta que o patrimônio declarado pelos candidatos ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) é igual ou superior a 300 mil reais e que supostamente teriam recebido o auxílio emergencial do governo federal. O documento foi encaminhado para distribuição entre os ofícios criminais da Procuradoria da República no Maranhão (PR/MA) a fim de que seja investigada a situação de cada candidato e apuradas eventuais práticas de estelionato. Segundo o procurador regional Eleitoral, Juraci Guimarães Júnior, “a ética e a moralidade dos candidatos é pressuposto para o exercício de mandato eletivo. No Maranhão, inúmeros candidatos foram identificados por supostamente terem recebido auxílio federal emergencial da pandemia, embora tivessem patrimônio incompatível. Dessa forma, é fundamental a investigação para apurar a responsabilidade pela prática de estelionato”. Caso tiver candidato eleito que recebeu auxílio emergencial correrá o risco de ter o mandato cassado. É aguardar. 

Não muda!
Não será mudado o nome da Avenida Manoel Ribeiro, que está sendo asfaltada pela prefeitura. A garantia é do vereador Alberto Souza (PDT), diante da informação de que a via passaria a se chamar Avenida Jackson Lago. Inclusive a Ascom da prefeitura já vinha distribuindo release sobre a obra com o novo nome. Diante da repercussão dada pela coluna, ontem Alberto Souza esclareceu que houve um equívoco. Quando foi proposto o nome de Jackson Lago pelo senador Weverton Rocha (PDT), é porque achava que Manoel Ribeiro se tratava do ex-deputado estadual homônimo. Quando foi informado sobre quem foi Manoel Ribeiro, houve recuo e o nome do ex-comerciante permanecerá. Pronto! Evitada uma injustiça e mais um golpe contra a história da cidade. 

Será?
Mal terminaram as eleições 2020 (onde só tem primeiro turno), já começam especulações sobre as eleições de 2022, quando serão escolhidos governadores, senadores, deputados federais e estaduais. Ontem, um observador político especulou o nome do ex-prefeito e ex-candidato Ildon Marques (PP) como uma das opções para vice na chapa que será encabeçada pelo vice-governador Carlos Brandão (PR). O governador Flávio Dino (PCdoB) provavelmente vai deixar o governo para ser candidato a senador ou a presidente da República e Brandão vai disputar o governo no comando do Palácio dos Leões. Portanto, com a máquina na mão, mas terá um páreo duro pela frente, o senador Weverton Rocha (PDT).

Olha aí!
O último boletim de monitoramento semanal Infogripe, divulgado pela  Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) nesta quarta-feira, mostra um aumento no número de casos de síndrome respiratória aguda grave (SRAG) em todas as regiões do Brasil. Do total de 565.312 casos de SRAG reportados durante o ano, 54,7% tiveram resultado laboratorial positivo para algum vírus respiratório. Dentre os positivos, 97,7% representam infecção pelo vírus SARS-CoV-2, responsável pela Covid-19. Segundo o relatório da Infogripe, a atualização dos dados indica interrupção de queda e possível retomada do crescimento de casos de SRAG.

Ele disse
“Estamos jogando sem a força da torcida; temos eventos cheios, praias cheias, shows cheios e até eventos políticos com aglomeração, mas somos obrigados jogar com estádios vazios”. Sérgio Frota, presidente do Sampaio Corrêa.
Link
CORIOLANO FILHO

CORIOLANO FILHO

CORIOLANO Miranda Rocha FILHO, passou a comandar a Redação depois de ter passado por praticamente todos os setores do jornal.

Relacionadas »
Comentários »
Loading...