MENU

25/04/2022 às 17h53min - Atualizada em 25/04/2022 às 17h53min

Diocese de Imperatriz lança festejo de Nossa Senhora de Fátima

Com flexibilização da pandemia, festejo inicia dia 30 com atividades de pátio

João Rodrigues
Foto: Mauricio Martins
 
A Catedral de Nossa Senhora de Fátima, lançou oficialmente ontem (25), a 21ª edição do festejo de sua padroeira, que este ano tem por tema “Mãe do Rosário de Fátima e a Educação para o Serviço” e o lema “Maria, Mãe Educadora, ajuda-nos a educar e servir”.  A programação começa dia 30 de abril e encerra-se  no próximo da 13 de Maio.

O padre Eliezer Cezar de Paula, pároco da catedral e Vigário Geral da Diocese explica que nos aos de 2020 e 2021, em plena pandemia da Covid-19, o festejo não deixou de ser realizado, porém sem a programação de pátio.

“Agora no dia 30 vamos iniciar nossas festividades. Fizemos o festejo em 2020 e 2021, mas só com a parte religiosa e este ano estamos retornando com tudo aquilo que compreende um festejo”, disse o sacerdote.

A parte religiosa é formada pela trezena de Nossa Senhora, na qual estão incluídas as orações do Terço e as Santas Missas diárias, enquanto que a parte de pátio consiste na exposição de barracas com comidas e bebidas típicas e atrações musicais na praça de Fátima.

O objetivo religioso do festejo é festejar a padroeira e fortalecer a fé dos fies. Tudo o que for arrecadado na programação cultural será para o projeto de revitalização da catedral. Uma campanha de arrecadação de recursos para a obra chegou a ser lançada, mas suspensa em seguida devido a pandemia.

“Eu assumi a catedral e com poucos meses depois começou a pandemia, então parou tudo. Além disso, não depende só mim, depende de nosso bispo, até por que a catedral é antes de tudo a paróquia do bispo, e o padre é apenas o curador.  Mas a gente vem fazendo um caixa para poder termos alguma coisa quando começarem as obras”, destacou Eliezer de Paula.

O pároco adiantou apenas que o projeto de engenharia e arquitetônico prevê revitalização estrutural completa da catedral.

“Em um outro momento a diocese, na pessoa do bispo vai fazer o lançamento dessa obra de revitalização, e no momento não podemos entrar em detalhes”, complementou.

O casal coordenador Lenir Bandeira e Miranda e Domingos Miranda disse que a expectativa é muito grande para a festa, principalmente, pelo retorno a normalidade após dois anos de pandemia. Lenir reforçou o convite aos fiéis de toda Diocese.

‘Estamos aqui prontos para receber todo o nosso povo com festa no pátio com comidas maravilhosas, feitas com muito carinho, por quem está trabalhando conosco. Quero lembra que o festejo só acontece por que tem vocês para nos ajudar”, comentou. O casal fez o anúncio da programação do festejo que tem ainda um shows de prêmios, cujos convites podem ser encontrados na secretaria da paróquia em horário comercial e com os integrantes de grupos paroquiais.
 
Programação- Celebrações de Missas
 
Dia 30 de abril - Padre Jayder Oliveira
Dia 1º de maio - Padre Eliezer Paiva
Dia 2  de maio - Padre Paulo Olimpio
Dia 3  de maio – Padre Naldo Rodrigues
Dia 4  de maio – Padre Eduardo Cardim
Dia 5  de maio – Padre Magno Marciete
Dia 6  de maio – Padre Cícero Alves
Dia 7  de maio – Padre Elisvaldo Cardoso
Dia 8  de maio – Padre Edmar Arnaldo
Dia 9  de maio – Padre Felinto Elisio
Dia 10 de maio – Padre Raimundo Nonato
Dia 11 de maio – Padre Valdecir Martins
Dia 12 de maio – Padre Moisés Bispo
Dia 13 de maio – Padres André Farias, Eliezer Paiva-Jayder Oliveira, Moisés Bispo, Mozar Ramalho  e dom Vilson Basso. As missas no dia 13 são nos seguintes horários: às 6h30; 9h; 12h; 18h e 19h.
 
Breve histórico da catedral
 Construida em 1952, a paróquia teve como seu primeiro pároco e responsável pela obra, o então Frei Epifânio, que naquela época solicitou a prefeitura uma área de terra a ser desmatada para a construção de uma praça, a atual praça de Fátima.

A primeira procissão  de inauguração da capelinha e entronização da imagem de Nossa Senhora de Fátima aconteceu no dia 15 de agosto de 1953.  O cortejo saiu da paróquia de Santa Teresa, a primeira paróquia da cidade, após celebração de uma missa, com destino a capelinha coberta de palha. No dia 15 de agosto e 1964 foi lançada a pedra fundamental no local onde seria construída a nova igreja de Nossa Senhora de Fátima, que é uma referência em Imperatriz e grande ponto de visitação de moradores da cidade e região quem vem a cidade para fazer compras no comércio. 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »