MENU

12/08/2020 às 08h42min - Atualizada em 12/08/2020 às 08h42min

Bastidores

Elegibilidade 

Nos últimos surgiram especulações na redes sociais sobre a possibilidade do ex-prefeito Ildon Marques (PP) estar inelegível, tendo base as eleições de 2018, em que ele foi candidato a deputado federal e os seus votos teriam sido invalidados. Em função dos comentários, foi divulgada uma certidão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) apontando que Ildon Marques estaria apto a disputar as eleições de 15 de novembro. A ceridão foi emitida às 13h37 de 10/08/2020, portanto segunda-feira última. Os adversários estão apostando na inelegibilidade do ex-prefeito, que reafirma estar em condições jurídicas de concorrer ao pleito. Esse negócio de torcer pela eliminação do adversário não é de quem confia no próprio taco. Que todos entrem em campo e ganhe o que for melhor. Tapetão não é o caminho...

Adesão

O prefeito Adão Carneiro (PCdoB), de São Francisco do Brejão, vai pavimentando o caminho rumo à reeleição. A vereadora e presidente da Câmara, Ana Quitéria, abriu mão da pré-candidatura à prefeitura para apoiar Adão. Com isso, ele ganhou a adesão de dois partidos – PSD e PV.  

Aliança 

Acompanhando o que está acontecendo em Salvador (BA), em São Luís o PDT pode indicar o candidato a vice-prefeito na chapa encabeçada pelo DEM, que tem como pré-candidato o deputado estadual Neto Evangelista. Em Imperatriz, não deverá acontecer, mas os integrantes do PDT local são ligados ao prefeito Assis Ramos (DEM). Inclusive o presidente municipal da sigla, vereador Alberto Souza, é da base de apoio ao prefeito. O suplente de vereador, Josevan Marques, que recentemente assumiu por dois meses o lugar de Alberto Souza, apoia a reeleição de Assis Ramos. Mas a sigla, por ter o aliado PCdoB com candidato próprio, não oficializaria uma aliança com o DEM na Terra do Frei. 

Perda

Ontem, Imperatriz perdeu o médico radiologista Antonio Leite Andrade, que tinha 73 anos. Ele faleceu no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, onde estava internado há dois meses. Natural de Goiânia (GO), estava morando em Imperatriz desde 1974. Foi fundador da Faculdade de Imperatriz (Facimp) e também suplente de senador, chegando a assumir o mandato por quatro meses em 2005, em substituição a João Alberto. Antonio Leite era presidente municipal do MDB, partido que comandou por vários anos.

Proibição I

O primeiro turno das Eleições 2020 está marcado para o dia 15 de novembro. A partir do próximo dia 15 de agosto, três meses antes do pleito, agentes públicos de todo o país ficarão proibidos de praticar uma série de condutas que poderiam, de acordo com a legislação eleitoral, afetar a igualdade de oportunidades entre candidatos na disputa. A regra visa evitar o uso de cargos e funções públicas em benefício de determinadas candidaturas e partidos.

Proibição II

Conforme estabelece o artigo 73 da Lei das Eleições, dentro desse período de três meses não é possível nomear, contratar ou admitir, demitir sem justa causa, suprimir ou readaptar vantagens ou por outros meios dificultar ou impedir o exercício funcional de servidor público municipal. Também fica proibido remover, transferir ou exonerar esses servidores do município, até a posse dos eleitos. Ainda de acordo com a legislação, ficam proibidas as transferências voluntárias de recursos da União aos estados e municípios, e dos estados aos municípios. A exceção, neste caso, cabe somente nos casos de verbas destinadas a cumprir obrigação prévia para execução de obra ou serviço em andamento, com cronograma já fixado, e as utilizadas para atender situações de emergência e de calamidade pública.

Link
CORIOLANO FILHO

CORIOLANO FILHO

CORIOLANO Miranda Rocha FILHO, passou a comandar a Redação depois de ter passado por praticamente todos os setores do jornal.

Tags »
Relacionadas »
Comentários »
Loading...