MENU

02/02/2021 às 00h00min - Atualizada em 02/02/2021 às 00h00min

Bastidores


Estava escrito
Não foi falta de alerta. A conta dos ajuntamentos, sem regras, do final do ano, chegou em janeiro e prossegue. Quem andasse por Imperatriz naquela ocasião, imaginava que a pandemia havia acabado. Mas não acabou. Pelo contrário, só aumentou. Conforme boletim da Prefeitura de Imperatriz, datado de 31/01, janeiro fechou com 508 casos de Covid-19. Desde o começo da pandemia, são 9.160 casos, sendo 8.497 (92,76%) recuperados e 415 óbitos. Atualmente são 248 casos ativos. Ainda conforme o boletim, na rede municipal de saúde são 8 dos 16 leitos de UTI ocupados (50%), e 13 dos 58 leitos clínicos (22,41%). Quanto à rede estadual, 27 das 32% UTIs ocupadas (84,38%) e 50 dos 81 leitos clínicos (61,73%). E as aglomerações continuam de “vento em popa”. Basta dar uma voltinha à noite na XV de Novembro, Beira-Rio e Pedro Neiva de Santana para constatar como o povo não está nem aí para a pandemia. Não se pode ficar culpando só o poder público pelo avanço da doença, quando, na verdade, o próprio povo é o maior culpado. Os exemplos estão aí, escancarados. Que a vacinação seja acelerada, porque é a única salvação, já que os protocolos de combate à doença estão sendo ignorados.

E…
Enquanto a coisa corre frouxa aqui na Terra do Frei, em São Luís o “pau comeu” no final de semana. Realizada pelo Ministério Público em parceria com as Polícias Militar e Civil, a “Operação Harpócrates” interditou bares por infração às medidas sanitárias. Os estabelecimentos tiveram a licença de funcionamento cassada. Houve prisões, também, devido a poluição sonora. 

Imunização 
No Maranhão já foram imunizadas 56.435 pessoas pelas prefeituras e o Governo do Estado, conforme informava ontem o Vacinômetro da Secretaria de Estado da Saúde. São 50.269 profissionais de saúde. Em Imperatriz, já foram aplicadas mais de 2.500 doses. O Maranhão é o 10° estado país no ranking de doses aplicadas. Mas levando em conta a questão proporcional da população, o MA fica em 20°, com 0,79%.

Normal
Alguém se surpreendeu com a postura de deputados do DEM, que traíram o partido e aderiram ao candidato Arthur Lira (PP-AL)? Talvez não! O DEM, como se sabe, é fisiologista. Estavam demorando para os seus parlamentares caírem nos braços do Palácio do Planalto. Portanto, nenhuma surpresa no racha dentro do partido na eleição da Presidência da Câmara dos Deputados. Tudo como antes, como nos velhos tempos do “toma lá, dá cá”…

Mesa 
Na manhã de ontem, 1º, tomou posse a nova Mesa Diretora da Assembleia Legislativa do Maranhão para o segundo biênio da 19ª legislatura. O deputado Othelino Neto (PCdoB) continua como presidente, assim como o vice-presidente Glalbert Cutrim (PDT). A 1ª secretária é Andréia Martins Rezende (DEM). O imperatrizense Rildo Amaral (Solidariedade) ficou como 3º vice-presidente. 

Mesa II
Ontem, também ocorreu a posse da nova Mesa Diretora da Assembleia Legislativa do Tocantins. O deputado Antonio Andrade (PTB) foi reconduzido à presidência. O deputado Cleiton Cardoso (PTC) é o 1º vice-presidente. Como 1º secretário tomou posse o deputado Jair Farias (MDB), ex-prefeito de Sítio Novo e representante da região do Bico do Papagaio.

Auxílio
O deputado César Pires (PV) apresentou indicação à Mesa Diretora da Assembleia Legislativa para que sejam encaminhados ofícios ao governador Flávio Dino e à secretária de Planejamento e Orçamento, Cynthia Mota, solicitando o remanejamento de verbas orçamentárias para garantir auxílio emergencial a famílias maranhenses. No documento, o parlamentar sugere a criação de um benefício estadual no valor de R$ 250,00.

Se…
… A moda pega, logo-logo aparecerá vereador querendo que a prefeitura de Imperatriz também pague auxílio emergencial. Sem ao menos querer saber se os cofres da “viúva” têm condições para isso.
Link
CORIOLANO FILHO

CORIOLANO FILHO

CORIOLANO Miranda Rocha FILHO, passou a comandar a Redação depois de ter passado por praticamente todos os setores do jornal.

Tags »
Relacionadas »
Comentários »
Loading...