MENU

27/01/2021 às 00h00min - Atualizada em 27/01/2021 às 00h00min

Coluna do Lima Rodrigues

O jornalista Cristiano Machado é o diretor do portal Norte Agropecuário, de Palmas (TO), que passa a veicular o Conexão Rural a partir deste fim de semana - Foto: Arquivo pessoal

Conexão Rural passa a ser  veiculado em Palmas
A parceria entre o Conexão Rural e o site Norte Agropecuário, de Palmas, foi notícia nas redes sociais e na imprensa do Tocantins. Confira:

Palmas para o Conexão Rural. A partir deste fim de semana o programa, que é a voz do campo na TV, passa a ser veiculado também em Palmas, a bela capital do Tocantins, por intermédio do site norteagropecuario.com.br, comandado pelo experiente jornalista Cristiano Machado. “Poxa, é uma honra fazer esta parceria com o Lima Rodrigues e veicular o Conexão Rural no nosso site”, disse Cristiano, acrescentando que “já vinha pensando há algum tempo tocar no assunto com o jornalista paraense para fechar esta parceria”

Por sua vez, o produtor e apresentador do programa, afirmou que “sempre acompanha o trabalho do Cristiano nas redes sociais e vinha pensando também em propor a parceria”, o que acabou ocorrendo nesta segunda-feira (25). “Já fiz matérias sobre a tradicional reza de São Sebastião, realizada na Fazenda Canto de Areia, no município de Araguatins, no norte do Tocantins, e em Palmas, em eventos realizados pelo o amigo Antônio Oliveira, também jornalista do agro, e a ideia é intensificar mais esse trabalho neste importante estado, que vem se fortalecendo cada vez mais no agronegócio. Então, a meta é gravar reportagens constantemente no Tocantins e, após a pandemia, cobrir suas importantes feiras agropecuárias”, destacou Lima Rodrigues.

Norte Agropecuário
O Norte Agropecuário é um veículo de comunicação do Tocantins especializado em notícias do agronegócio com foco no potencial do Tocantins e Matopiba, a potente região que inclui o Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia.

Perfil do Cristiano Machado
Com experiência em rádios, jornais e portais de internet, Cristiano Machado, 44 anos, nasceu em Presidente Prudente (SP) e está no Tocantins desde 2009. Formado em Comunicação Social pela Universidade do Oeste Paulista (Unoeste), de Presidente Prudente (SP), começou sua carreira no jornalismo em 1994.

Foi repórter de alguns jornais paulistas e repórter e apresentador de importantes emissoras de rádio do interior de São Paulo e correspondente free-lance do jornal Folha de S.Paulo, no Pontal do Paranapanema, região conhecida no País como foco de conflitos agrários em São Paulo. 

Cristiano Machado chegou ao Tocantins em 2009 para assumir a chefia de Redação do Portal CT, pioneiro na internet no Estado. Após deixar o CT, assumiu em 2010 o cargo de assessor de imprensa do Tribunal de Justiça do Estado. Já em 2011 foi contratado para chefiar a assessoria de comunicação da Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Agrário.

Em 2012, trocou a Seagro pela Secretaria de Estado de Planejamento e Modernização da Gestão Pública, na mesma função. Ainda em 2012 tornou-se secretário-executivo de Relações Institucionais. Já em 2013 assumiu a presidência da Agência Tocantinense de Notícias (ATN) e coordenou o Núcleo de Comunicação Institucional do Governo do Tocantins.

Desde 2014, ao lado do também jornalista Daniel Machado, dirige a Machados Comunicação e Consultoria, que edita o Norte Agropecuário, veículo de comunicação do Tocantins especializado em notícias do agronegócio com foco no potencial do Tocantins da região do Matopiba.

Destaques do Conexão Rural
E neste fim de semana, os tocantinenses (assim como os maranhenses, paraenses, rondonienses e o público de todo o Brasil) vão poder acompanhar no Conexão Rural detalhes da produção do café feito a partir do caroço do açaí pelo casal Roberto Carlos e Perina Rodrigues, no município de Parauapebas (PA). Em setembro de 2017 divulgamos no Conexão Rural a história de uma pequena produtora rural, dona Perina Rodrigues, que produzia o café, a partir do caroço do açaí. Na terça-feira (26) voltamos a falar com a dona Perina, desta vez em seu sítio na área da Vila Paulo Fonteles, no município de Parauapebas, para ver o que aconteceu de novidade de 2017 até hoje.
Apresentaremos também informações sobre a cadeia produtiva do açaí no Pará, o maior produtor do fruto do país.

Segundo o Sindicato das Indústrias de Frutas e Derivados do Estado do Pará, Sindifrutas, o estado produz mais de 1 milhão e duzentas mil toneladas de açaí por ano, o que representa 1,5 bilhão e meio de dólares injetados na economia paraense todo ano. Ou seja: o Pará é responsável pelo fornecimento de 95 por cento do fruto consumido no Brasil.

O presidente do Sindifrutas, Reinaldo Mesquita, que mora em Belém, destacará no Conexão Rural a importância a da cadeia produtiva do açaí para o Pará.

A Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca, Sedap, tem trabalhado para fortalecer cada vez mais a cadeia produtiva do açaí, como explica, em depoimento ao programa, o gerente de Fruticultura da Sedap, Geraldo Tavares.
E no sudeste do Pará, pequenos e médios produtores de açaí vem faturando bem com a comercialização do fruto, que é um alimento muito rico e energético, possui mais de 40% de lipídeos em base seca, e também é rico em proteínas e fibras, nutrientes essenciais para a manutenção de nossa saúde, de acordo com a Ageitec, Agência Embrapa de Informação Tecnológica.

Artistas de Imperatriz
A parte musical do programa será com os cantores de Imperatriz (MA): Washington Brasil, Reinaldo Parente, Deco, Neto e Silvana. A gravação foi feita no Bar da Ana, na Rua Cel. Manoel Bandeira, no centro da cidade.

O Conexão Rural vai ao ar todo sábado às 9h30 na Rede TV de Parauapebas (PA), com reprise no domingo no mesmo horário, e pode ser visto ainda nos sites parceiros: O Progresso, de Imperatriz (MA), O Nortão, de Porto Velho (RO), An10 Notícias, de Redenção (PA), www.minutorural, de Piraí do Sul (PR), e partir deste fim de semana no www.norteagropecuario.com.br, de Palmas (TO), além das redes sociais do jornalista Lima Rodrigues. Também disponível no You Tube.

Plano deverá estimular a oferta nacional dos insumos
Foi publicado na segunda-feira (25) Decreto 10. 605 que cria o grupo de trabalho interministerial responsável pela elaboração do Plano Nacional de Fertilizantes. O plano tem o objetivo de aumentar a produção e oferta de fertilizantes nacionais (adubos, corretivos, condicionadores), além de reduzir a dependência dos produtos importados e ampliar a competitividade do agronegócio no mercado internacional.

Um levantamento feito pelo Instituto para o Fortalecimento da Agropecuária em Goiás (Ifag) aponta que fertilizantes e defensivos compõem praticamente metade dos custos de produção da soja, por exemplo. Segundo o secretário de Política Agrícola do Mapa, César Halum, o país importa cerca de 60% dos fertilizantes utilizados na produção agrícola. “É preciso fortalecer a produção [desses insumos] dentro do Brasil”, destaca. (Fonte: Ministério da Agricultura).

Governo Federal institui sistema para monitorar Plano ABC 2021/2030
O governo federal publicou também na segunda-feira (25) o Decreto 10.606 que institui o Sistema Integrado de Informações do Plano Setorial para Consolidação de uma Economia de Baixa Emissão de Carbono na Agricultura (SIN-ABC) e também o Comitê Técnico de Acompanhamento do Plano Setorial para consolidação de uma Economia de Baixa Emissão de Carbono na Agricultura (CTAB).
Os colegiados serão responsáveis por monitorar o novo Plano ABC, que irá incorporar novas tecnologias e orientações para o avanço da agricultura de baixa emissão de carbono no país.

Plano ABC
Em dez anos, o Plano ABC colheu resultados positivos. Quase 50 milhões de hectares em todo o país já adotam tecnologias preconizadas pelo plano, como integração lavoura-pecuária-floresta, plantio direto e fixação biológica de nitrogênio, de acordo com pesquisa científica realizada pela Embrapa e pelo Lapig/UFG.
O volume de financiamento para a agricultura sustentável ultrapassa R$ 20,8 bilhões e já existem mais de 26,8 milhões de hectares de pastagens degradadas recuperadas. (Fonte: Ministério da Agricultura).
Link
Tags »
Relacionadas »
Comentários »
Loading...