MENU

18/09/2020 às 00h00min - Atualizada em 18/09/2020 às 00h00min

Bastidores


Surpresa
 A maior surpresa nesse período de convenções na política regional, não foi o vice-prefeito Alex Rocha (PMN) sair como vice de Sebastião (PSDB) e nem Zé Carlos (Patriota) ser rifado na sua pretensão de disputar a prefeitura. A surpresa maior foi a desistência do advogado Enoque, que era pré-candidato a prefeito de João Lisboa pelo PCdoB. Ele saiu do páreo para apoiar o principal adversário, Vilson Soares (PDT), e indicou a esposa Patrícia como vice. Especula-se que Dr. Enoque tomou a decisão devido a pressão da cúpula estadual do seu partido, que é liderado pelo governador Flávio Dino. Mas comenta-se também que teve uma articulação do senador Weverton Rocha (PDT). Para um observador político, a desistência de Dr. Enoque beneficiou o pré-candidato Raimundo Cabeludo (MDB). Para esse observador, a maioria do grupo de Dr. Enoque vai seguir Raimundo Cabeludo, porque teria ficado descontente com a atitude do ex-pré-candidato. O certo é que agora a eleição joãolisboense ficou polarizada entre os dois pré-candidatos. Vilson é apoiado pelo prefeito  Jairo Madeira (PSDB). Embora o peso do apoio ao adversário, Raimundo Cabeludo está otimista, acreditando que voltará ao Palácio da Gameleira. Ele governou o município no período 1993 – 1996. 

Fora
O vereador Hamilton Miranda não será candidato nestas eleições. Finalizando o terceiro mandato, o empresário desistiu mas lançou o filho, Felipe Miranda. Hamilton é filiado ao MDB.

E…
Além de Hamilton Miranda, não concorrerão mais os vereadores José Carlos e Fátima Avelino. O presidente da Câmara tentou ser candidato a prefeito mas o partido, na última hora, preferiu fazer aliança com o PP de Ildon Marques. Fátima Avelino, a exemplo de Hamilton, lançou o filho, Rogério Avelino. Portanto, dos 21 vereadores, 18 estão buscando a reeleição – Pimentel, Alberto Souza, Maura Barroso, Irmã Telma, Terezinha Soares, Adhemar Jr., Chiquim da Diferro, João Silva, Paulinho Lobão, Ditola, Zesiel Ribeiro, Carlos Hermes, Aurélio do PT, Fábio Hernandez, Bebé Taxista, Pedro Gomes, Ricardo Seidel e Sargento Adelino. Da legislatura passada, 20 concorreram e 10 se reelegeram.

Olha aí!
O ex-deputado estadual e ex-prefeito Deusdedith Sampaio, depois de algumas eleições ausente das urnas, agora resolveu ser candidato a prefeito de Açailândia. Mas o que chama a atenção mesmo é que ele lançou como vice a própria irmã, Detinha Sampaio. O médico já foi um dos políticos mais fortes da Cidade do Ferro, mas se desgastou quando assumiu a prefeitura, tendo inclusive sido cassado. 

Ele disse
“Minha família não é de políticos e entendo que a política não é uma capitania hereditária que pode passar de pai para filho, para neto ou sobrinho”.  A afirmação é do juiz federal aposentado José Carlos Madeira, pré-candidato do Solidariedade a prefeito de São Luís.

Congelar
A deputada Mariana Carvalho (PSDB-RO) apresentou Projeto de Lei que veda reajuste tarifário para o setor elétrico até janeiro de 2022, devido a pandemia do novo coronavírus. E a partir de janeiro daquele ano, o reajuste não poderia ser aplicado de uma única vez, devendo ser escalonado ao longo de cinco anos. 
Link
CORIOLANO FILHO

CORIOLANO FILHO

CORIOLANO Miranda Rocha FILHO, passou a comandar a Redação depois de ter passado por praticamente todos os setores do jornal.

Relacionadas »
Comentários »
Loading...