MENU

31/07/2021 às 00h00min - Atualizada em 31/07/2021 às 00h00min

PREDESTINADA AO SUCESSO

 
Isso mesmo...

Dar-se ao luxo da grandeza em dissertar sobre a trajetória desta skatista imperatrizense.

Pela qual, subiu ao pódio das olimpíadas, culminando de uma grande repercussão entre os fãs brasileiros de Norte a Sul.

A vedete deste cenário é a jovem de 13 anos de idade, Rayssa Leal, que conquistou a medalha de prata em Tóquio, para orgulho de Imperatriz e do Brasil, diante das dificuldades e superadas pela predestinação.

A marca imorredoura de sua história, é que aprendeu tudo por conta própria.

Era o seu sonho da bem-aventurança como satisfação de que o desejo se realizasse.

Sobrepujando todos os limites individuais e a persistência para o enfrentamento de situações desafiadoras...  

Se, portanto, como se estivesse no topo do universo.

Foi sua inspiração...

Parabéns!

A medalha recebida foi a conquista de uma aventura prévia.

Até o comentarista que fazia cobertura do evento ficou pasmo!

Pelo que assistia...

“Eu estava com medo de entrar (no ar) com a voz embargada: não só a realização de um sonho, é a realização de um conto de fada”, afirmou.

A Fadinha, no seu curriculum, entrou para a história como atleta mais nova ao colocar-se no alto do pódio defendendo o Brasil nas Olimpíadas de 2020, em Tóquio.

A conquista da medalha de prata caracteriza a última da competição, e o ouro, subsequente, o triunfo.

Para que isso sempre aconteça e revele outros atletas com a mesma performance, arisco dizer, aleatoriamente...

- Venho de uma cidade que pouco investe no esporte casualmente, por falta de estímulo. Não me importo de ganhar ou perder. Mas coloquei na cabeça que preciso ganhar...

Com a exceção da protagonista...

Faço um questionamento:

Por que quando se trata de programas públicos à prática esportiva, tanto no amadorismo como no profissionalismo, aqui em Imperatriz é feito com o objetivo e interesse puramente político?

A velha e peremptória história está aí para ser contada!

Depois de eleito e pelo outro lado, fadado ao fracasso. Só depois de quatro anos.

Findando: deixe que seu Skate faça barulho...

MUCHAS GRACIAS...
Link
BANDEIRA NETO

BANDEIRA NETO

Nelson BANDEIRA NETO é cronista e funcionário do SESI-Serviço Social da Indústria

Relacionadas »
Comentários »
Loading...