MENU

09/11/2022 às 19h21min - Atualizada em 09/11/2022 às 19h21min

Corrida alerta contra as drogas e promove hábitos saudáveis

Asscom - CGJ
A corrida resultou da parceria institucional entre a Justiça e o 'Projeto Recomeço', do Instituto 'Lugar de Ajuda' - Fotos: Divulgação
 
No último domingo, 6 de novembro, juízes e funcionários do Judiciário percorreram 6km durante a 2ª Corrida “Correndo Contra as Drogas”, por meio de parceria institucional do Juizado Criminal de Imperatriz e o Instituto “Lugar de Ajuda”, com a participação de mais de 600 pessoas da comunidade e premiação com troféu e medalha para os três primeiros colocados.

A corrida, começou às 6h, com largada e chegada no Fórum de Justiça da cidade, reunindo mais de 600 pessoas, entre organizadores, atletas, cerca de 60 pessoas em reabilitação em centros terapêuticos e público em geral, em uma manhã chuvosa, que foi encarada como um desafio pelos participantes.

A corrida resultou da parceria institucional entre a Justiça e o “Projeto Recomeço”, do Instituto “Lugar de Ajuda”, centro terapêutico de assistência a pessoas em tratamento contra o vício de álcool e entorpecentes, que treinaram por três meses. Este e outros 11 centros terapêuticos da região são administrados pelo Instituto “Lugar de Ajuda”, presidido pelo Pastor Elivaldo Gonçalves. 

Participaram do evento os juízes Paulo Souto Montenegro (Juizado Criminal de Imperatriz), Delvan Tavares Oliveira (Vara da Infância e Juventude), as juízas Ana Lucrécia Sodré (2ª Vara da Fazenda Pública) e Ana Paula Araújo (Vara de Violência Doméstica e Familiar) e o conciliador de Justiça Carlos Tiglate Gonçalves, idealizador da corrida.

CONSCIENTIZAÇÃO SOBRE O USO DE DROGAS
“A 2ª Corrida “Correndo Contra as Drogas” compreende um evento esportivo de participação que visa difundir o trabalho realizado em prol de recuperação de pessoas com problemas de drogadição e aproximar a sociedade para a prática esportiva e  conscientização de uma vida fora das drogas”, diz o texto da organização do evento.

O valor obtido com as inscrições para a corrida, assim como a arrecadação de tênis, camisetas e materiais esportivos doados pela comunidade, foram enviados pelos organizadores para as pessoas assistidas nos centros terapêuticos. 

Os organizadores consideraram o evento um sucesso, e já marcaram a realização da próxima edição, para o dia 2 de julho de 2023, data final da Semana Mundial do Combate ao Uso de Drogas. 

Notícias Relacionadas »
Comentários »