MENU

09/06/2022 às 22h28min - Atualizada em 09/06/2022 às 22h28min

Curso gratuito para árbitro de badminton está com inscrições abertas

O objetivo é oferecer treinamento para ex-atletas, acadêmicos e professores de Educação Física

PDema de Oliveira
Professor Wallace Fróes, pioneiro do badminton em Imperatriz, conduzirá o curso - Foto: Dema de Oliveira/O PROGRESSO
 
A Prefeitura Municipal de Imperatriz, por meio da Secretaria Esporte, Lazer e Juventude (Sedel), com apoio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), promove curso para árbitro de badminton.

Curso é gratuito e terá carga horária de 30 horas/aulas. É especificamente para ex-atletas, acadêmicos e professores de Educação Física. As inscrições já estão abertas, e os interessados poderão realizá-las pelo telefone (99) 9-8400-3028, com o professor Wallace Froes, ou presencialmente na Sedel, localizada no Complexo Esportivo Barjonas Lobão, no centro da cidade. O prazo para inscrições é até o dia 15 de junho.

As atividades do curso serão presenciais e realizadas nos dias 17 de junho, das 14h às 18h, com aulas teóricas, no auditório da Sedel, e 18 de junho, das 8h às 12 e de 14h às 18h, com aulas práticas, na quadra de badminton, no Complexo Esportivo Barjonas Lobão.

“Essa iniciativa da Prefeitura visa a formação de um quadro de árbitros de badminton permanente, já que o quadro está escasso. Com a retomada dos Jogos Escolares Imperatrizenses, depois de dois anos suspensos, devido à Covid-19, é necessário que o quadro de árbitro seja renovado”, enfatizou o professor Wallace Froes.

Os temas abordados nas aulas serão sobre regras de arbitragem, dimensões e marcações da quadra, faltas e penalizações; discussões de cenário, instruções, vocabulário, recomendações técnicas, protocolos de entrada e saída; preenchimento de súmula e anotações oficiais, juiz de linha; jogo simulado de cenário, instruções, vocabulário, recomendações técnicas, protocolos de entrada e saída, e avaliação prática.

O curso conta com o apoio da administração municipal, pelas secretarias de Esporte e Lazer e Secretaria Municipal de Educação.

No Brasil, a prática do badminton tornou-se competitiva a partir de 1983, quando foi disputada a primeira edição da Taça São Paulo. A Confederação Brasileira de Badminton, entretanto, só seria fundada dez anos depois, em 1993. Hoje, a entidade conta com 15 federações filiadas.

Em Imperatriz, o badminton chegou para ficar em 2008, justamente pelas mãos do professor Wallace Froes, servidor da Prefeitura Municipal. Na última edição dos JEIs, realizada em 2019, cerca de 120 alunos se inscreveram para as disputas do badminton. Wallace Froes foi juiz de linha, nas Olimpíadas Rio 2016.

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »