MENU

08/10/2020 às 00h00min - Atualizada em 08/10/2020 às 00h00min

Ex-deputado Stalin Bucar é impugnado pelo Ministério Público Eleitoral em Miranorte

Miranorte tem três candidatos, sendo que dois são parentes (tio e sobrinho)

Illya Nathasje

O ex-deputado estadual e candidato a prefeito de Miranorte, Stalin Bucar (PTB), teve sua candidatura impugnada pelo Ministério Público Eleitoral. Segundo o promotor, o petebista “encontra-se com restrição ao seu direito de elegibilidade”, porquanto não recolheu nem parcelou uma multa eleitoral no montante de R$ 163.969,52 - decorrente de gastos acima do permitido com locação de veículos em eleições passadas.

Stalin candidatou-se ao cargo deputado estadual nas eleições de 2018, contudo, sua prestação de contas foi rejeitada pela justiça eleitoral. O acórdão, que decidiu pela desaprovação das contas eleitorais, transitou em julgado em 14/05/2020 - não havendo mais possibilidade de recursos. A multa estabelecida pela justiça não teria sido quitada e nem parcelada de forma espontânea até o presente momento. 

Por tal razão, segundo o Ministério Público, o não pagamento da multa eleitoral enseja o reconhecimento de falta de quitação eleitoral, fato que impede o registro da candidatura. Stalin Bucar não estaria, portanto, em pleno gozo dos seus direitos políticos, não podendo votar e, nem tampouco, ser votado. 

Desse modo, o MPE requereu o indeferimento do pedido de registro de candidatura de Stalin Bucar.

O candidato disse que ainda não foi notificado sobre a ação e se manifestará nos autos.

Tio e sobrinho candidatos
Miranorte tem três candidatos a prefeito: o atual gestor Carlinhos da Nacional (MDB), o médico Cleomar Bucar Júnior (PSC) e Stalin Bucar (PTB), que é tio do médico. (Com informações do MPEleitoral-TO)

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...