MENU

23/09/2021 às 21h29min - Atualizada em 23/09/2021 às 21h29min

Com dois de Bruno Henrique, Flamengo derrota o Barcelona (EQU) e abre vantagem na semi da Liberta

Partida marcou o reencontro da Nação com a equipe na competição sul-americana

Comunicação Flamengo
Gabigol e Bruno Henrique - Foto: Marcelo Cortes / CRF

  
No dia 11 de março de 2020, o Flamengo derrotou o Barcelona de Guayaquil por 2 a 0, ainda pela Fase de Grupos da Conmebol Libertadores. Foi a última vez que a Nação empurrou o time, no Maracanã, numa partida de Libertadores. Passados 553 dias, quis o destino que o reencontro fosse novamente diante da equipe equatoriana. E foi mais uma noite de festa. O Flamengo venceu por 2 a 0 e saiu em vantagem na semifinal da competição sul-americana. O jogo de volta será na próxima quarta-feira (29/09), em Guayaquil. O Flamengo pode perder por até um gol de diferença que ainda assim estará na decisão.

Se era emoção que a Nação queria, ela teve com sobras na primeira etapa. Logo no início, Diego Alves fez duas grandes defesas num mesmo lance, evitando gol certo do Barcelona. Empurrado pela torcida, que não deixou de apoiar o time em momento algum, o Flamengo equilibrou o jogo e não demorou a se impor. Aos 22 minutos, Gabi deu passe magistral para Bruno Henrique, de cabeça, fazer 1 a 0.

Com o placar aberto, só deu Flamengo. Bruno Henrique acertou o travessão com uma cabeçada e Andreas Pereira quase faz um golaço de fora da área  - o chute acertou o travessão. O segundo gol era questão de tempo e ele veio aos 38 minutos, e novamente com Bruno Henrique. Um golaço, após grande jogada coletiva, com participação de Everton Ribeiro Ribeiro, Gabi e Vitinho. Nos dois gols Brunho Henrique homenageou o filho que sua mulher está esperando, o segundo do casal. Antes do término da primeira etapa, Molinas recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso, deixando o Barcelona com um homem a menos.

O Flamengo voltou tranquilo para a segunda etapa e não demorou para Renato Gaúcho mexer na equipe. De uma tacada só tirou David Luiz e Vitinho e pôs Léo Pereira e Thiago Maia. O zagueiro, impecável em sua estreia, saiu aplaudido pela Nação. Com um homem a mais, o Flamengo diminuiu o ritmo. Renato Gaúcho fez cinco alterações, mas o placar não foi alterado. No fim Léo Pereira acabou expulso. 

Domingo o Flamengo volta a campo, agora pelo Campeonato Brasileiro. A equipe enfrenta o América-MG, em Belo Horizonte, às 11h. 

FICHA TÉCNICA

FLAMENGO - Diego Alves, Isla (Matheuzinho), Rodrigo Caio, David Luiz  (Léo Pereira) e Renê; Willian Arão, Andreas Pereira (Pedro), Everton Ribeiro e Vitinho (Thiago Maia), Gabi e Bruno Henrique (Michael). TÉCNICO - Renato Gaúcho.

BARCELONA (EQU) - Burrai, Castillo, León, Riveiros e Pineida; Molina, Piñatares (Sergio López), Preciado  (Perlaza), Martínez (Montaño) e Damian Diaz (Carcelén);  Mastriani (Garcéz). TÉCNICO - Fabián Bustos.

JUIZ - Andrés Cunha (Uruguai)
GOLS - Primeiro tempo: Bruno Henrique (22' e 38') 
CARTÕES AMARELOS - Molina, Castillo, Rodrigo Caio
CARTÕES VERMELHOS - Molina e Léo Pereira 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...