MENU

03/09/2021 às 21h19min - Atualizada em 03/09/2021 às 21h19min

Chamem a NASA!

Elson Araújo
Até a última quinta-feira,2, pela manhã, ainda não tinha ideia sobre o que escreveria no final de semana neste espaço, tão gentilmente cedido pelos editores deste noticioso. Já tinha nascido até uma preocupação. “ Não posso furar. É preciso manter a regularidade da coluna”, pensava eu, enquanto acompanhava, na Associação Comercial e Industrial de Imperatriz, o lançamento do Primeiro Circuito ACII de negócios.  Eis que, quando estava de saída do evento, meus olhos pousaram numa frase grafada na parede de uma agência de publicidade que funciona naquele espaço: - “ A criatividade respira ideias e realiza sonhos”. - Pronto! Nascia ali o texto de hoje. “ Vou tentar escrever sobre criatividade”, comemorei,  mentalmente.

A princípio uma pesquisa para saber de quem era a frase, com a ajuda do meu amigo jornalista Frederico Luiz, que cobria o evento -  “ Não achei nada aqui na grande rede. Deve ser de domínio público, amigo Elson. -

Como não foi possível determinar naquele instante a autoria da frase, e como estava grafada na fachada de uma agência de publicidade, supus que “ a criatividade respira ideias e realiza sonhos” deve ter sido criada pelo pessoal da própria agência, chamada Tag Publicidades. Parabéns para o publicitário desconhecido que, com a criativa frase, me ajudou com a ideia e construção deste texto. E o que escrever? Imaginei, desimaginei, e as ideias foram aparecendo.

Pois bem, não há como não eleger a criatividade como necessária em todos os campos da atividade humana. É uma questão de sobrevivência. É, portanto, vital para o crescimento e o desenvolvimento das nações, e do próprio homem.

Pesquisas sérias colocam o brasileiro como um dos povos mais criativos do mundo.  E puxando sardinha para nosso oceano, o maranhense, de Imperatriz, mais ainda.  

Sabe aquele dito popular segundo o qual “ o brasileiro tem de ser estudado pela Nasa”?  Embora a frase remeta ao cômico apresenta um forte indicativo de que ela não surgiu à toa, pois denota essa peculiaridade do povo que ocupa esse imenso território chamado Brasil. A expressão surge sempre que alguém aparece com uma solução inusitada para um determinado problema, aparentemente sem solução. Saber resolver problema com criatividade e engenhosidade, segundos os estudiosos, é sinal de inteligência.  Está aí, outra característica importante do nosso povo: a inteligência.

Então, nesses tempos difíceis de pandemia, não só do coronavirus, ser criativo é mesmo uma questão de sobrevivência. Criatividade na profissão, nos negócios, nas escolas, nas relações interpessoais. Tirar do nada o que nunca existiu para permanecer vivo é exercer o espirito criativo.  

O que você acha, leitor.  Nascemos criativos, ou aprendemos a sê-lo ao longo da vida de acordo com as necessidades?
 
Minhas observações apontam que a criatividade pode ser desenvolvida com as ferramentas, ou instrumentais com os quais nascemos a partir, na maioria das vezes, dos momentos de escassez. Neste caso, concordando com o filosofo Johann Goethe, de quem seria a frase “ é na limitação que se revela o mestre” Nãosei dizer se o filosofo quis se referir à criatividade, mas que ela se encaixa direitinho na questão do “ ser criativo”, se encaixa, sim,

Para não ficar aqui só minhas impressões, para fechar o texto de hoje, fui atrás de um conceito bem legal sobre criatividade.Encontrei este: substantivo feminino que vem do latim creare, que indica a capacidade de criar, produzir ou inventar coisas novas.  Ou seja, ser criativo é ser original, é ser capaz de imaginar soluções novas para os problemas de sempre ou para os novos problemas que surgem a cada dia. Foi a melhor definição que encontrei.

Ainda achei o fragmento do estudo do psicólogo existencialista Rollo May que apontar o que ele chama de os cinco elementos da criatividade:  capacidade de associação, que é tida por ele, como a característica mais importante dos inovadores, questionamento, observação, networking e experimentação.

É ou não é, um grande desafio nosso de cada dia, despertar o ser criativo que mora dentro de nós, mesmo que fora dos períodos de escassez?
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...