MENU

26/07/2021 às 18h31min - Atualizada em 26/07/2021 às 18h31min

Integrantes do novo Conselho Municipal dos Direitos da Mulher tomam posse

Islene Lima - Ascom
Novo colegiado busca criar ações que eliminem a desigualdade, a discriminação de gênero e a violência contra a mulher na cidade - Foto: Assessoria
 
Com transparência e muito entusiasmo, foi realizada a solenidade de posse das novas integrantes do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, para contribuição do quadro do órgão no período de dois anos consecutivos.

Cerimônia ocorreu sexta-feira, 23, na sede da Secretaria Municipal de Políticas Para Mulher (SMPM), com a presença da secretária Eva Messias, do secretário de governo, Eduardo Soares e equipe organizadora do evento.

24 mulheres participaram do rito, entre titulares e suplentes. A secretária Eva Messias  explica que o conselho é um dos parceiros na luta de igualdade para as mulheres.

“Foi um momento gratificante, enriquecedor e de muita troca de conhecimento. Essas mulheres, que agora fazem parte do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, terão um trabalho árduo pela frente, e para nós será uma prazer contribuir e traçar novas metas juntamente com as novas conselheiras”, destaca.

Eva enfatiza ainda que a atuação do órgão é essencial em uma gestão participativa e democrática, pois possibilita a contribuição  popular na formulação e proposição de diretrizes e ações voltadas à promoção dos direitos das mulheres.

É importante ressaltar, que ainda serão realizadas as escolhas da nova diretoria, que é formada por presidenta, vice-presidenta e primeira-secretária. Cerimônia deve acontecer no prazo de 30 dias, com votação aberta entre as conselheiras que foram empossadas.

Você sabia?

O Conselho Municipal dos Direitos da Mulher (CMDM) é um espaço de discussão e encaminhamento de debates. É um órgão propositivo que formula, supervisiona e fiscaliza as políticas públicas dirigidas às mulheres. Tendo por finalidade promover os direitos humanos, visando eliminar todas as formas de discriminação, assegurando-lhe condições de liberdade, de igualdade de direitos, autonomia, bem como sua plena participação nas atividades políticas, econômicas, sociais, religiosas, e culturais da cidade.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...