MENU

05/09/2020 às 00h00min - Atualizada em 05/09/2020 às 00h00min

Prefeitura dialoga com candidatos sub judice da guarda municipal

Certame foi conduzido pela Fundação Sousândrade

Sara Ribeiro
Ascom/PMI
O secretário de Administração e Modernização, José Antonio Pereira e o comandante da Guarda Municipal, Josenildo Ferreira, participaram da reunião - Foto: Sara Ribeiro
O secretário de Administração e Modernização, José Antonio Pereira e o comandante da Guarda Municipal, Josenildo Ferreira, reuniram-se nesta sexta-feira, 04, com candidatos em sub judice participantes do concurso da Guarda Municipal de Imperatriz e seu representante legal, para tratar de assuntos sobre o certame, entre eles o exame psicotécnico.

Antes de tudo, foi esclarecido pelo secretário de Administração que a Prefeitura não interfere no certame conduzido pela Fundação Sousândrade. "A responsabilidade é da empresa de rever essas questões que estão em tramitação judicial, mas é claro que estaremos sempre disponíveis para atender a todos e nos colocarmos à disposição para entender as partes e auxiliar nos processos", observou José Antonio Pereira.

Com as alegações dos candidatos sub judice, que ainda há pendências na realização das avaliações psicológicas, o titular da Seamo prontificou-se junto à empresa em disponibilizar um local para a realização dessa etapa. "Iremos indicar uma escola como local de exame, porém em razão da pandemia, a decisão da data exata para essa atividade é determinada pela empresa Fsadu", frisou.

Reforçando as observações apresentadas durante a reunião, o comandante da Guarda Municipal destacou que o município não pode atuar no concurso sem decisões judiciais. "O município não podemos agir de qualquer jeito, respeitamos as normas e as decisões judiciais. Iremos seguir todo o trâmite legal", endossou Josenildo Ferreira.

Diante do diálogo firmado, a representante dos candidatos em sub judice, agradeceu a recepção e destacou o anseio de contribuir com o Município. "A nossa postura é de diálogo para com a administração pública, para que tenhamos o nosso direito, já concedido pela justiça reparado e, sobretudo, para contribuir com Guarda Municipal de Imperatriz", finalizou Paula de Társsia. 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...