MENU

25/06/2021 às 19h52min - Atualizada em 25/06/2021 às 19h52min

Blitz de adesivaço encerra programação da Campanha Internacional para Erradicação do Trabalho Infantil

Mais atividades de enfrentamento são realizadas durante todo o ano

Sara Batalha
Ascom/PMI
Os adesivos eram fixados nos veículos de quem voluntariamente aceitava e os agentes permaneceram até o final para organizar o trânsito no local. - Foto: Sara Batalha
 
Na manhã desta sexta-feira, 25, foi realizada blitz para a colocação de adesivos nos veículos que percorreram a Avenida Dorgival Pinheiro. A mobilização contou com o apoio dos agentes da Secretaria Municipal de Trânsito (Setran), e encerrou a programação da Campanha Internacional para Erradicação do Trabalho Infantil. A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Sedes) com toda a Rede de proteção à criança e ao adolescente organizaram as atividades.

Janaína Ramos, secretária da Sedes, disse que “as duas semanas de ações são apenas para lembrar a data do 12  de junho, Dia Internacional de Combate ao Trabalho Infantil, mas as atividades de enfrentamento ocorrem em todos os meses do ano. Órgãos como Cras, Creas e Serviços de Convivência atuam diariamente para combater a prática. Todos os servidores dessas equipes estão atentos a quaisquer denúncia ou o mínimo sinal. Todo o nosso esforço é para conscientizar a população a dizer não para esse tipo de crime. Criança é para brincar, estudar, enfim, ser feliz”.

A articuladora do Selo Unicef, do PPAC e AEPETI, da Sedes, Mikaelly Santos, considera que “esta luta e esta batalha não encerra neste mês, essa organização foi em especial à data, mas já planejamos para o ano todo diversas atividades neste sentido. Aproveito para reforçar o tema deste ano que é ‘Dignidade é dignidade, não se negocia’. Diga não ao trabalho infantil.” Agradeço a participação de  todos os órgãos que estão conosco nesse enfrentamento, foram primordiais para que tudo ocorresse como planejado”.

Conhece algum caso de exploração do trabalho infantil? Denuncie. Você pode ir ao Cras ou ao Conselho Tutelar mais próximo da sua casa, também pode ligar para o disque 100 e sua denúncia será encaminhada aos órgãos competentes, com absoluto sigilo.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...