MENU

13/04/2021 às 00h00min - Atualizada em 13/04/2021 às 00h00min

GMI evita violência contra mulher na Vila Lobão

Mesmo de folga, Guarda atendeu a ocorrência, verbalizou com o acusado, que não atendeu e teve de usar a força para detê-lo

Dema de Oliveira
GMI realizou mais uma ação prol da segurança do Imperatrizense - Foto: Patrícia Araújo/Ascom
 
Em mais uma ação de segurança, a Guarda Municipal de Imperatriz, GMI, agiu em defesa de uma mulher que estava sendo agredida na Vila Lobão.

De acordo com o relatório de ocorrências, neste domingo (11), o GM Martins estava em uma borracharia na Vila Lobão, quando uma mulher nas proximidades passou a ser agredida por seu companheiro e gritou por socorro. Mesmo estando de folga, o GM Martins atendeu ao chamado e tentou conversar com o agressor, pedindo que ele parasse. Porém, o homem partiu contra o guarda que efetuou disparos de advertência, mas como o acusado continuou a investida, o GM Martins teve de realizar um disparo contra ele, acertando-lhe a perna direita. Imediatamente o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionado para socorrer o homem, que foi encaminhado ao Hospital Municipal de Imperatriz (HMI), Socorrão.

O homem de 29 anos está hospitalizado e logo que receber alta será levado à Delegacia de Polícia Civil de Imperatriz, para que sejam tomadas as medidas pertinentes ao caso. 

O GMI Martins colocou em prática todo o conhecimento adquirido durante a preparação que teve por mais de seis meses. A Guarda Municipal de Imperatriz é uma das mais bem preparadas do Brasil e sem a ação do guarda a ocorrência poderia ter chegado a danos maiores.

O comandante da Guarda Municipal de Imperatriz, Delegado Josenildo José Ferreira, explica que tomou conhecimento do fato ainda durante a madrugada de domingo (11). “Imediatamente entramos em contato com a Polícia Militar e Civil e o trabalho executado pelo GM foi adequado ao fato. Não houve excesso e sim uma prevenção em proteção à vítima que estava sendo agredida, e só quando o guarda teve sua integridade física colocada em risco é que ele reagiu. Ele tem porte de arma, a arma está registrada, toda legalizada. Só temos de elogiar sua ação pela coragem e pela efetividade que foi desenvolvida ao atender a ocorrência”, destacou. 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...