MENU

30/03/2021 às 00h00min - Atualizada em 30/03/2021 às 00h00min

Barbeiro é executado a tiros no bairro Nova Imperatriz

Juliano Ribeiro Ferreira da Rocha, 26 anos, foi alvejado por seis tiros de pistola e morreu no interior do carro que conduzia

Dema de Oliveira
Juliano Ribeiro Ferreira da Rocha foi executado com seis tiros de pistola 380 - Foto: Divulgação/Whatsapp
A Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) iniciou nesta segunda-feira (29) as investigações para elucidar o sétimo crime de homicídio ocorrido em março, na segunda maior cidade do Maranhão. A vítima foi o barbeiro Juliano Ribeiro Ferreira da Rocha, 26 anos, que foi executado na confluência das ruas Sergipe e São João, nas proximidades da Unisulma, bairro Nova Imperatriz. 

O crime foi perpetrado na noite de sábado (27), e Juliano foi alvejado com seis tiros de pistola e morreu no interior da SW4 que conduzia. Sem reação ao ser atingido pelos tiros, o veículo que era conduzido por Juliano atingiu e danificou carros que estavam estacionados no local. Uma barraca onde funcionava um lanche também foi destruída pelo SW4 desgovernado.

O delegado Praxisteles Martins, titular da DHPP, informou a O PROGRESSO que as investigações ainda se encontram em sua fase embrionária. “Estamos coletando imagens do local e ouvindo testemunhas, entre elas uma mulher que se encontrava em companhia da vítima”, destacou Praxisteles Martins. 

O delegado confirmou a presença de uma mulher no carro conduzido por Juliano, que foi baleada em um braço, que fraturou, e ainda teve lesão em um pé. Está em estado de choque em um hospitale logo que receber alta será ouvida. 

O delegado Praxisteles informou que o veículo SW4, que era conduzido por Juliano, era de um amigo dele. Na verdade, ele possuía uma BMW, que a polícia está tentando localizar, para que seja submetida a perícia, como será feito com a SW4.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...