MENU

17/12/2020 às 00h00min - Atualizada em 17/12/2020 às 00h00min

Ouvidoria interna é implantada no Hospital Municipal Infantil de Imperatriz

Kalyne Cunha - Ascom
Ouvidoria desenvolve estratégias de interação dos servidores com o programa implantado - Foto: Assessoria
Com objetivo de melhorar a qualidade dos serviços prestados à população, a Secretaria Municipal de Saúde, Semus, por meio da direção do Hospital Municipal Infantil  de Imperatriz, HMII, tem serviços de ouvidoria expandidos para a instituição.

O diretor do hospital, Vitor Pachelle, explica que, “a Ouvidoria será um elo entre usuários do Sistema Único de Saúde e os gestores. A expansão do serviço para o Hospital Municipal Infantil contribuirá de forma substancial, para a melhoria da qualidade dos serviços prestados à população de Imperatriz”.

A Ouvidoria Interna contribui para participação do usuário na avaliação e fiscalização da qualidade do serviço prestado pelo hospital em que é possível apresentar manifestações, como sugestões, elogios, solicitações, informações, reclamações e denúncias, por meio do e-mail: ouvidoria. [email protected], telefone e WhatsApp: (99) 99167-1229 e caixas  de  sugestões acopladas em pontos estratégicos como a recepção, pronto socorro e postos de internação localizados no 1º andar do prédio, podendo o usuário se identificar ou não. A Ouvidoria acolhe reclamações, como fonte de  informações sobre prestação de serviços do hospital, envolve o usuário ao informá-lo de seus direitos e trabalhadores do hospital propiciando a sua integração.

“É mais uma ferramenta para melhorar o atendimento. Com a Ouvidoria, podemos mensurar e analisar nossas falhas. As vezes na correria do dia a dia e das nossas urgências, não percebemos coisas que o paciente pode observar. A partir das denuncias e sugestões, vamos desenvolver ações mais estratégicas para os serviços médicos e de enfermagem”, ressalta a secretária Mariana Jales.

Quanto à instalação da ouvidoria interna no Hospital Municipal Infantil  de Imperatriz, a coordenadora do órgão, Clesiane Santos, explica  que os serviços já funcionam no Hospital Municipal de Imperatriz, HMI, e sua expansão ao Hospital Infantil, “vem possibilitar o diálogo entre o usuário e as diferentes instâncias da gestão, aprimorando as atividades exercidas e assim oferecendo ao seu usuário um serviço de qualidade, onde é avaliado cada caso com critério, bom senso, imparcialidade e sigilo”.

A ouvidoria desenvolve estratégias de interação dos servidores com o programa implantado. Junto à administração, atua como voz dos usuários que influenciam diretamente nas decisões que dizem respeito às situações de trabalho e conflito no espaço hospitalar. As normas institucionais são aplicadas após investigação das reclamações.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...