MENU

OPROGRESSONET Publicidade 728x90
29/11/2022 às 08h08min - Atualizada em 29/11/2022 às 08h08min

“Intestino: o nosso segundo cérebro”

Ludmila Pereira de Araujo Souza *
De maneira generalizada, o que grande parte das pessoas sabe é que “o intestino é responsável por digerir e absorver o que comemos” e somente isso. Está correto? Não, não está. De fato, os processos de digestão e absorção dos nutrientes acontecem nesse órgão, mas já se sabe que suas funções vão muito além disso e hoje, ele é considerado como nosso segundo cérebro e já vou contar a você o porquê.
 
Além da sua grande tarefa já citada, o intestino é responsável pela produção de neurotransmissores e de hormônios que agem e influenciam diretamente no nosso bem-estar, além de auxiliar no nosso sistema imunológico.
 
A serotonina, por exemplo, conhecida como “hormônio da felicidade”, tem cerca de 90% da sua secreção realizada no intestino. Ou seja, se o intestino vai mal, a tendência é que a saúde mental também vá mal.
 
Atualmente, através do estudo da modulação intestinal, sabe-se que uma alimentação saudável é primordial para melhor qualidade de vida como um todo e que uma série de sinais e sintomas que os indivíduos podem apresentar são ocasionados diretamente por causa da má saúde intestinal.  
 
Indisposição, fadiga, estresse, mau humor, queda de cabelo, dificuldade de perda de peso, baixa imunidade, dores de cabeça, sono ruim e mais uma vasta lista de sintomas que não caberia ser citada aqui, são ligadas ao mau funcionamento do intestino.
 
Uma outra característica bem marcante da saúde intestinal é ainda o formato das fezes, mas isso é assunto longo importantíssimo que trarei em outro momento. Para hoje, me atenho a mostrar a você, caríssimo leitor, que toda a nossa saúde começa através do nosso intestino e que este é cuidado (ou não) e alimentado através do que comemos diariamente.
 
É uma frase muito clichê de nutricionista, mas que “não cai de moda”: você é o que você come! Portanto, que nosso corpo seja obra de uma alimentação saudável e que sigamos cuidando do nosso “segundo cérebro” e, consequentemente, do nosso bem-estar por completo.
________________________________________________________________________________________________
* Ludmila Pereira de Araujo Souza é Nutricionista, especialista em Nutrição Clínica com ênfase nas enfermidades renais
Instagram: @ludmilapasouza.nutri - Email: [email protected]
Notícias Relacionadas »
Comentários »
OPROGRESSONET Publicidade 1200x90