MENU

11/11/2020 às 00h00min - Atualizada em 11/11/2020 às 00h00min

Agentes de Trânsito agora possuem acesso à rede Infoseg

Iniciativa melhora a prestação de serviço na área da segurança pública à população de Imperatriz

Gil Carvalho - Ascom
Agentes de trânsito de Imperatriz passam a realizar consultar ao banco de dados da rede Infoseg - Foto: Gil Carvalho
Essa pesquisa ágil e segura a registros policiais e judiciais já pode ser feita pelos agentes  de trânsito de  Imperatriz deste o final do mês passado. A iniciativa é resultado de uma parceria entre a  Prefeitura  de Imperatriz  e o Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJ) que aderiu à  plataforma, ferramenta que reúne informações de segurança pública dos órgãos  de  fiscalização do Brasil, através do emprego da tecnologia da informação e comunicação.

O Sinesp Infoseg permite que agentes públicos consultem e pesquisem bases integradas de informações sobre pessoas, veículos e armas de fogo. “Agentes  de Trânsito trabalhando com meios mais eficazes de  prevenção ao crime e à violência, pois conhecem melhor a realidade nas vias públicas municipais, estaduais e federais. Por isso, estamos cadastrando essas forças, para ampliar as ações integradas por meio da inteligência e da tecnologia, juntamente com o trabalho realizado pelas polícias estaduais e federais,”, explica Ráder Leão, diretor Executivo da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes – Setran.

Em Imperatriz, o acesso ao Sinesp Infoseg deve permitir aos 71 agentes de trânsito locais prestar um melhor serviço à população do município, segundo Leandro Braga, secretário de Trânsito e Transportes. “Vamos preparar os responsáveis pelas consultas e usar o quanto antes. Uma pesquisa com dados qualificados dará mais inteligência e mais precisão ao trabalho dos nossos profissionais, seja no patrulhamento ou no policiamento de  trânsito de Imperatriz”, define.

A integração de ações com outras instituições  de  segurança pública também será fortalecida em Imperatriz. “Com informações seguras, a prevenção e a repressão  de delitos contra o cidadão e o patrimônio público poderá ser mais efetiva, pois estaremos ainda mais integrados pelas ações e pelo conhecimento a órgãos como as polícias Militar e Civil”, destaca Victor Amorim, responsável pela integração.

Segundo ele, a ferramenta possibilita a consulta a informações seguras de diversos bancos de dados de interesse policial, como cadastros do Departamento Nacional  de Trânsito, Sistema Nacional  de Armas e Banco Nacional  de Mandados de Prisão, entre outros.A Infoseg consolida-se como o maior sistema.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...