MENU

27/09/2022 às 23h08min - Atualizada em 27/09/2022 às 23h08min

“Meu sentimento é de tristeza”, diz Wagnner Ayres, presidente do Imperatriz

Presidente confirmou que não passou pela sua cabeça renunciar ao cargo e que vai trabalhar pela Copinha e Pré-Copa do Nordeste

Dema de Oliveira
Jornal O PROGRESSO
Wagnner Ayres diz que vai cumprir mandato e investir na base - Foto: Dema de Oliveira/O PROGRESSO
 
O presidente da Sociedade Imperatriz de Desportos (SID), médico e empresário Wagnner Ayres, mesmo ainda diante da ressaca de não ter conseguido o objetivo inicial no comando do time Colorado, que era o de retornar à primeira divisão do futebol maranhense, falou à reportagem de O PROGRESSO.

Inicialmente, Wagnner Ayres destacou que o seu sentimento é de tristeza. “Meu sentimento é de tristeza, eu diria até de pesar mesmo. Foi como eu ter perdido uma pessoa da minha família. Ainda estou ressentindo dessa derrota”, disse.

Dr. Wagnner Ayres confirmou que não passou em momento algum pela sua cabeça, renunciar ao mandato e vai cumpri-lo até o fim. Essa diretoria do Imperatriz tem mandato até dezembro de 2024. “Nunca me passou pela cabeça renunciar do cargo. Vou continuar e cumprir o meu mandato. No caso do time, a diretoria cumpriu tudo o que foi prometido, pagamento em dia, encargos sociais também, boa comida, casa do atleta com todo conforto, enfim a diretoria fez a sua parte e infelizmente não fomos correspondidos”.

Wagnner Ayres denunciou, sem citar nomes, que na véspera da partida contra o Chapadinha, teve jogadores que saíram para a balada e dentro de campo não renderam nada. “Até casos de jogadores que deixaram a concentração para saírem para a balada, na véspera de um jogo decisivo, aconteceram. Jogadores sem nenhum compromisso com o clube. Terminou a competição, eles foram embora, sem nenhum sentimento, vários já estão em outros clubes e o Imperatriz não chegou ao objetivo traçado”, pontuou Ayres.

O presidente confirmou o investimento no Sub-19, campeão da Copa Maranhão, que está classificado para a Copa São Paulo Júnior de 2023. Confirmou, também, que já vai trabalhar na formação do time para a Pré-Copa do Nordeste. “Não quero mais pelo menos até quando eu for presidente, jogadores sem nenhum compromisso com o clube. Vou investir para que o clube tenha jogadores formados dentro do próprio clube”, disse.

Notícias Relacionadas »
Comentários »