MENU

15/09/2022 às 07h37min - Atualizada em 15/09/2022 às 07h37min

Sem se acomodar com vantagem, Flamengo vence São Paulo e está em sua oitava final de Copa do Brasil

Rubro-Negro superou o adversário por 4 a 1 no placar agregado; finais serão disputadas nos dias 12 e 19 de outubro, contra Fluminense ou Corinthians

Isabela Abirached
Imprensa/FLAMENGO
Em um jogo espetacular, com os dois times mostrando o verdadeiro futebol brasileiro, Arrascaeta brilhou com o seu gol - Foto: Gilvan de Souza/Flamengo

  
Na noite desta quarta-feira (14), o Flamengo entrou em campo com boa vantagem, depois de um 3 a 1 no jogo de ida, pela semifinal da Copa do Brasil, mas não se acomodou. Jogando em casa, no Maracanã, pela partida de volta, a equipe comandada por Dorival Junior jogou bem, venceu o São Paulo por 1 a 0 e garantiu a merecida vaga na grande decisão desta edição do torneio.

Além da classificação, conquistada com um belo gol do uruguaio De Arrascaeta, diante de 62.977 presentes, a partida também ficou marcada como o 100º jogo do zagueiro Léo Pereira com o Manto Sagrado.

Você pode conferir conteúdos exclusivos do Mengão na FlaTV+. Assine agora o streaming oficial do clube e viva muito mais Flamengo! Sócios-torcedores têm até 100% de desconto na mensalidade.

O título será decidido em dois jogos, marcados para os dias 12 e 19 de outubro, contra o vencedor do duelo entre Fluminense e Corinthians. A primeira partida entre as equipes, no Maracanã, terminou empatada em 2 a 2; o jogo de volta será nesta quinta-feira (15), às 20h, na Neo Química Arena.

O jogo

O primeiro lance de perigo rubro-negro veio logo aos dois minutos de partida, em passe de Arrascaeta para Everton Ribeiro arriscar de longe, mas a bola foi por cima do travessão de Jandrei. Aos sete, após troca de passes com Ribeiro, foi a vez de Rodinei tentar de chapa no canto esquerdo do goleiro tricolor, mas a bola saiu pela linha de fundo. Chegando aos 10 minutos de bola rolando, o São Paulo chegou com muito perigo: cara a cara com Santos, Luciano chutou à queima-roupa, para grande defesa do arqueiro rubro-negro, mas o bandeirinha já marcava impedimento. Aos 16, foi marcado mais um impedimento, agora em lance ofensivo do Flamengo, depois de Pedro receber de Gabi para balançar a rede. Aos 29 minutos, a bola sobrou para Gabriel na intermediária e o atacante soltou a bomba; a bola foi cheia de efeito no canto esquerdo de Jandrei, que fez grande defesa. Na jogada seguinte, Arrascaeta driblou pelo bico direito da pequena área, arriscou o chute, mas a bola explodiu na zaga e saiu em escanteio.

O gol do Mengão saiu aos 35, em uma pintura: David Luiz tocou para Pedro, que escorou para Everton Ribeiro; o meia entregou com açúcar para Arrascaeta que fez o giro e, com um tapa venenoso, empurrou para o fundo da rede. O placar agregado chegava a 4 a 1 e a Nação não economizava na festa nas arquibancadas do Mário Filho. Nos minutos finais da primeira etapa, quase outra obra de arte para o museu rubro-negro: Gabigol pegou rebote na entrada da área e viu Jandrei adiantado; o nove deu de cavadinha para tentar encobrir o goleiro, que salvou a meta adversária com um movimento digno de líbero de vôlei.

A segunda etapa começou em ritmo acelerado e as duas equipes chegaram com volume ofensivo. O Mais Querido chegou perto de ampliar já aos quatro minutos, em lance inacreditável: Gabi recebeu de Arrascaeta e foi travado pelo goleiro; na sobra, João Gomes fez lançamento para Pedro, que tentou uma "puxeta", mas a bola passou por cima. Na sequência, depois de bate e rebate na área do Flamengo, a bola sobrou para Luciano que acertou a trave; no rebote, Calleri, livre, jogou por cima do gol. Aos 16 minutos, Filipe Luís ajeitou para Everton Ribeiro na entrada da área; o meia arriscou e a bola tirou tinta do travessão.

Nos minutos finais do duelo, o ritmo da partida diminuiu e o marcador se manteve anunciando a vitória simples - e suficiente - do finalista Flamengo.

Ficha técnica

Flamengo 1x0 São Paulo - Semifinal, Copa do Brasil
Local: Estádio Mário Filho, Maracanã - Rio de Janeiro-RJ
Data e hora: 14/09/2022, às 21h45
Arbitragem: Wilton Pereira Sampaio, Bruno Raphael Pires, Bruno Boschilia, Jefferson Ferreira de Moraes
Cartões amarelos: Reinaldo (SAO), Welington (SAO), Léo Pereira (FLA)
Gols: De Arrascaeta (35’ 1ºT)

Escalação do Flamengo

Santos; Rodinei, David Luiz, Léo Pereira e Filipe Luís; João Gomes, Thiago Maia (Vidal), De Arrascaeta e E. Ribeiro (Victor Hugo); Pedro e Gabi.
Técnico: Dorival Júnior

Escalação do São Paulo

Jandrei; Igor V., Diego Costa, Reinaldo (Welington) e Alisson (Galoppo); Calleri, Luciano, Léo e Nestor; Pablo Maia e Patrick.
Técnico: Rogério Ceni

Notícias Relacionadas »
Comentários »