MENU

13/09/2022 às 23h42min - Atualizada em 13/09/2022 às 23h42min

Empresário de Araguaína morre afogado no rio Araguaia após passar mal e cair de embarcação

Com este caso, o Tocantins já registrou 47 afogamentos neste ano de 2022

Assessoria
Ele estava acampando com a família na região de Araguanã - Foto: Divulgação
 
O empresário de Araguaína Geraldo Pedro de Oliveira Neto, 51 anos, morreu afogado no rio Araguaia após cair de uma embarcação. Ele era dono de uma loja de ferragens.

De acordo com informações da Polícia Militar, o empresário e sua família estavam retornando de um acampamento por volta das 8h30 da manhã desta segunda-feira (12/9). Chegando ao porto de Araguanã, Neto disse que havia esquecido alguns pertences no acampamento e retornou sozinho para buscá-los.

Momentos depois, a embarcação foi encontrada à deriva no percurso entre o acampamento e o porto, com o motor ligado e sem nenhum tripulante a bordo, apenas com os pertences da vítima.

De imediato, bombeiros civis, a Defesa Civil de Araguanã e barqueiros da região começaram a realizar buscas pelo rio, mas não conseguiram encontrar o empresário. Uma equipe do Corpo de Bombeiros Militar também se deslocou de Araguaína para atuar nas buscas.

O corpo do empresário Geraldo Neto só foi localizado na manhã desta terça-feira (13) próximo ao local do possível afogamento, a uma distância de 150 metros da margem do rio. A principal suspeita é que ele tenha sofrido um ataque cardíaco e caído do barco. O laudo do IML vai apontar a causa da morte.

Com este caso, o Tocantins já registrou 47 afogamentos neste ano de 2022.

Notícias Relacionadas »
Comentários »