MENU

08/06/2022 às 19h36min - Atualizada em 08/06/2022 às 19h36min

SENARC registra aumento de 97% em apreensão de drogas nos cinco primeiros meses de 2022

Essa comparação é em relação ao mesmo período de 2021

Da Redação
ASCOM-PCMA
Parte da droga apreendida durante operação e abordagens - Foto: Divulgação/SENARC
  
Nesta quarta-feira (8), a Polícia Civil do Maranhão, por intermédio da Superintendência Estadual de Repressão ao Narcotráfico (SENARC), divulgou um balanço parcial dos números de apreensão de drogas nos cinco primeiros meses de 2022 alcançados por meios de suas ações. A SENARC registrou um aumento de 97% nas apreensões de drogas entre janeiro e maio, em comparação ao mesmo período de 2021.

Em números, no ano passado, de janeiro a maio foram apreendidos 135 quilos de entorpecentes. Já em 2022, o relatório aponta uma apreensão de mais de 266 quilos de drogas, entre maconha, crack e cocaína. Com relação a valores, até agora, a Polícia Civil calcula um prejuízo econômico aos criminosos aproximado de R$ 1.408,972, 00, mais de 200% em comparação a 2021.

Tais números são consequências diretas de ações coordenadas pela Superintendência Estadual de Repressão ao Narcotráfico (SENARC) e de seu serviço de inteligência, além de denúncias feitas pela sociedade.

Na última quinta-feira (2), no Aeroporto Internacional de São Luís, a Polícia Civil conseguiu prender duas pessoas que seriam responsáveis pelo recebimento de uma carga de drogas que estava escondida no interior de livros. A droga partiu da cidade de Rio Branco, no Acre, com destino à capital maranhense. Na ação, os policiais da SENARC apreenderam 500 gramas de cocaína, 5 quilos de crack e mais de 7 quilos de maconha.

A população pode ajudar no trabalho da Polícia Civil do Maranhão fazendo denúncias anônimas através do número da SENARC (98)99163 4899 ou do disque 181, que funciona todos os dias, inclusive aos finais de semana.

Notícias Relacionadas »
Comentários »