MENU

10/03/2022 às 20h12min - Atualizada em 10/03/2022 às 20h12min

Maranhão não sofrerá alteração nas campanhas de vacinação contra febre aftosa em 2022

Fonte:AGED
Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão (98) 3218-8410 [email protected] Governo MA (98) 2108-6316 - [email protected] - Foto: Divulgação
 
O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) inverteu a estratégia de vacinação contra febre aftosa para o Bloco 4 do Plano Estratégico do Programa Nacional de Vigilância e Erradicação da Febre Aftosa (PNEFA). Essa mudança atinge os estados da Bahia, Espírito Santo, Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, Rio de Janeiro, Sergipe, Tocantins, São Paulo e o Distrito Federal que, em 2022, na primeira etapa da campanha, realizada em maio, deverá vacinar animais de 0 a 24 meses, e na segunda etapa, a ser realizada no mês de novembro, deve vacinar os rebanhos bovinos e bubalinos de todas as idades.

Essa nova medida não atinge o Estado do Maranhão, que integra o Bloco 3, mantendo-se, então, a vacinação dos animais de todas as idades na primeira etapa de campanha em maio e apenas os animais de 0 a 24 meses a serem imunizados na segunda etapa, que será em novembro.

De acordo com o MAPA, essa mudança para o Bloco 4 do PNEFA visa garantir a oferta oportuna de vacina, de forma a equacionar o cronograma de produção da indústria e demandas dos efetivos bovídeos envolvidos nas etapas da campanha de vacinação contra febre aftosa, visto que o referido bloco representa cerca de 80% de todo o efetivo bovídeo existente na zona livre de febre aftosa que ainda pratica a vacinação.

Notícias Relacionadas »
Comentários »