MENU

04/03/2022 às 19h21min - Atualizada em 04/03/2022 às 19h21min

Caso Luiz Amorim: Polícia prende caseiro e diz haver indícios da participação dele no crime

Jorge da Costa Lima foi indiciado e polícia cumpriu mandado de prisão de 30 dias

Por Sergio Matias
Jorge da Costa Lima pode ter prisão preventiva decretada - Foto: Divulgação
 
Após perícias feitas no veículo e na propriedade rural do fazendeiro Luiz Amorim Fernandes, a Polícia Civil do Maranhão diz ter encontrado indícios da participação do caseiro, identificado como Jorge da Costa Lima, no assassinato. Funcionário da vítima, ele até então figurava como principal testemunha ocular do crime de execução.

Na manhã desta sexta-feira (4), porém, foi decretada a sua prisão temporária. Ele já foi encaminhado para a Unidade Prisional do Piratininga onde também estão os dois homens que o próprio caseiro apontou como autores do suposto sequestro e execução do fazendeiro.

O delegado regional Oseas Cavalcante afirmou que a investigação é complexa, que exames periciais foram realizados no veículo e na fazenda, testemunhas foram ouvidas, e que existem indícios suficientes do envolvimento do caseiro no crime. “Algumas peças ainda não foram juntadas para elucidar esse crime e no final do prazo de trinta dias da prisão temporária tudo será esclarecido, inclusive a motivação”, disse.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »