MENU

10/02/2022 às 00h00min - Atualizada em 10/02/2022 às 00h00min

Prazo final de recadastramento de servidores é prorrogado para o dia 15 de fevereiro

Além da prorrogação, começam a funcionar cinco pontos de apoio ao recadastramento.

João Rodrigues - Secretario de Administração
O recadastramento de servidores foi prorrogado para o dia 15 de fevereiro. (Foto: Edmara Silva)

  
O prazo para o recadastramento obrigatório de servidores municipais via plataforma 1Doc, no portal da Prefeitura, que terminaria nesta quinta-feira (10) foi prorrogado para o dia 15 deste mês. Também passam a ser disponibilizados pela Prefeitura a partir de quinta-feira (10), cinco pontos de apoio exclusivamente para atender o funcionalismo, pois a não realização do recadastramento pode acarretar sanções ao servidor.

O coordenador do recadastramento da Secretaria de Administração, Vando Ladeira, disse que a procura dos servidores pela atualização das informações na plataforma 1Doc está dentro das expectativas, mas a prorrogação é necessária para atender aos servidores que enfrentaram dificuldades.

O coordenador destacou que desde o início do prazo foi procurado por muitos servidores que alegaram problemas, como perda de alguns documentos, problemas de conexão de internet, dificuldade em lidar com a tecnologia e até mesmo casos em que o preenchimento de dados no formulário on-line aconteceu porque o sistema não estava reconhecendo o navegador de internet. Muitas pessoas tiveram o problema resolvido, mas houve a necessidade de ampliar o prazo.

“Hoje, dia 9, temos 7.386 servidores recadastradas, faltando, em média, pouco mais de 2 mil servidores. Nós avançamos muito, são mais de 70% do pessoal da Prefeitura e em reunião com a secretária Brunna, que está fazendo excelente trabalho, resolvemos fazer um adiamento do dia 10 para o dia 15, para que nenhum servidor fique sem se recadastrar”, explicou Vando Ladeira.

Pontos de apoio ao recadastramento

Também foi anunciado por Ladeira, que a partir desta quinta-feira (10), começa o funcionamento de cinco pontos de apoio para o recadastramento que vão funcionar da seguinte forma: sede do Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos Educacionais de Imperatriz, STEEI, e Universidade Aberta do Brasil,UAB, exclusivamente para servidores da Educação. Os funcionários do Hospital Municipal (adulto e infantil), deverão procurar a equipe de apoio no Hospital Municipal Infantil; os demais servidores da saúde deverão procurar a sede da Secretaria Municipal de Saúde e os demais servidores que não forem da saúde e nem da educação, devem procurar o departamento de Recursos Humanos, na sede da Prefeitura.

Obrigatoriedade

Vando Ladeira reforçou que o recadastramento é obrigatório sob pena de sansões para a Prefeitura e para o funcionário, que poderá ter o salário suspenso e responder à sindicância administração.

“Infelizmente o servidor que não fizer o recadastramento pode ter o seu salário suspenso e assinar advertência e até um PAD, por isso nós nos preocupamos um pouco mais, vamos estender este prazo até o dia 15 justamente para atender essas pessoas que estão com dificuldades”, ressaltou, acrescentando que o recadastramento faz parte do E- Social, programa federal que consiste em um sistema nacional de informações trabalhistas, previdenciárias e fiscais. Os municípios são obrigados a repassar as informações de servidores e Folha de Pagamento, sob pena de sanções como multas.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »