MENU

29/12/2021 às 20h20min - Atualizada em 29/12/2021 às 20h20min

Imperatriz chega a 60 anos rebaixado para a segunda divisão

Sem muito o que comemorar, Cavalo de Aço faz aniversário dia 4 de janeiro

Dema de Oliveira
Time do Imperatriz, campeão maranhense de 2005, primeiro título da história - Foto: Acervo/Cristiano Domingos Silva
 
O Imperatriz chega a 60 anos na segunda divisão do futebol maranhense, com o rebaixamento ocorrido esse ano. Sem muito o que comemorar, o Cavalo de Aço faz aniversário de fundação dia 4 de janeiro, próxima terça-feira.
 
No dia 4 de janeiro de 1962, um grupo de abnegados, tendo à frente o então presidente do Sindicato dos Arrumadores de Imperatriz (SAI), Severino Silva, se reuniu e fundou a Sociedade Atlética Imperatriz (SAI), inicialmente como mais um time amador da cidade. Depois de mais de uma década como time amador, onde disputou e conquistou campeonatos e torneios e em contendas acirradas com o Renner, ligado a tradicional família Cortez Moreira, em 1978, o Cavalo de Aço se transformou em time profissional. 

Em 2000, na gestão do então presidente, o saudoso Humberto Castro, na ocasião diretor regional do Grupo Mirante em Imperatriz, o clube foi transformado em Sociedade Imperatriz de Desportos (SID). Entretanto, jamais foi abolida a data de fundação, que continua 4 de janeiro de 1962.

Desde que se tornou time profissional, o Imperatriz conquistou três títulos estaduais e é o quarto colocado em relação à conquista de títulos no estado, ficando atrás de Sampaio, Moto, Maranhão, muitos mais velhos. O primeiro título do Imperatriz foi conquistado em 2005, na gestão do publicitário Nilson Takashi; o segundo em 2015, na gestão do saudoso empresário e vereador José Carneiro, o Buzuca; terceiro em 2018, na gestão do empresário Adauto Carvalho. Na direção de Adauto, o Imperatriz chegou à Série C do Brasileiro e quase que chega à Série B. Entretanto, nessa mesma gestão, o clube se despencou, acontecendo a renúncia de Adauto Carvalho, e o resto da história todos já sabem. Queda para a Série D e queda para a segunda divisão do futebol maranhense, situação que jamais a torcida cavalina tinha experimentado. 

Mesmo não tendo o que comemorar, o Cavalo de Aço é merecedor de todo nosso respeito e sempre tendo a esperança que tudo vai voltar à normalidade. 

Imperatriz, teu nome é uma bandeira/exaltai o seu altivo pavilhão/tu és o mais forte no esporte/um clube muitas vezes campeão.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...