MENU

02/12/2021 às 21h39min - Atualizada em 02/12/2021 às 21h39min

​PF investiga fraudes com recursos da covid-19 em Santa Fé do Araguaia

Foram cumpridos sete mandados de busca e apreensão

Assessoria
Foto: Divulgação
 
Santa Fé do Araguaia/TO - A Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira (02/12) a Operação ‘Phantasma’ com objetivo de investigar fraudes e superfaturamento em aquisição de insumos voltados ao combate da covid-19 pelo município de Santa Fé do Araguaia (TO), durante o ano de 2020, gestão do ex-prefeito Oídio Gonçalves de Oliveira.

Foram cumpridos 07 mandados de busca e apreensão nas cidades de Santa Fé e Araguaína, os quais foram expedidos pela Justiça Federal em Araguaína.

Durante as investigações, foram colhidos indícios de que três processos de dispensa de licitação, todos instaurados no ano de 2020, teriam sido fraudados e os preços praticados pela empresa contratada seriam superfaturados. Estima-se que o prejuízo ao erário totalizou o montante de R$ 360 mil.

Conforme a PF, as provas colhidas até o momento pela investigação apontam para o envolvimento dos agentes públicos relacionados aos processos de aquisição, os quais, em conluio, teriam praticado condutas fraudulentas, com vistas a assegurar a contratação de uma determinada empresa. As investigações realizadas indicam a prática de crimes licitatórios e peculato.

O nome da operação ‘Phantasma’ é uma alusão aos indícios de que a empresa contratada para o fornecimento dos itens não existiria fisicamente.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...