MENU

01/11/2021 às 20h23min - Atualizada em 01/11/2021 às 20h23min

Conheça a história do cantor Léo Pinheiro, tocantinense destaque do The Voice Brasil

O cantor escolheu o Time Brown para seguir na competição

Assessoria
Léo Pinheiro durante apresentação no The Voice Brasil, na última terça - Foto: Reprodução/Globo
 
O tocantinense Léo Pinheiro, de 36 anos, foi o destaque na primeira noite de Audição às Cegas do The Voice Brasil 2021. O cantor fez os quatro técnicos virarem as cadeiras e arrancou elogios na última edição do programa. Ele é natural de Paraíso do Tocantins.

No palco do reality show, Léo contou um pouco da sua trajetória na música desde a infância, em Paraíso (TO). Aos sete anos, ele ganhou seu primeiro festival de música e, ainda criança, gravou um disco produzido por Moacyr Franco. Aos 18 anos, resolveu morar em Portugal, onde se apresentava em hotéis e bares. No inverno, ia para a Inglaterra tocar em pubs.

“Me entendo por artista desde sempre, ganhei meu primeiro cachê com sete anos de idade. Com 10 anos, fiz meu primeiro disco. A música é muito natural para mim e me considero um operário da arte”, relatou.
 
De volta ao Brasil, foi chamado por Arnaud Rodrigues a gravar mais um disco e entrou para a companhia de teatro musical Mulungo, onde trabalhava com Oswaldo Montenegro. Em 2009, foi indicado para o prêmio de melhor ator no XIV Festival de Teatro do Rio de Janeiro. O cantor já lançou seis discos, quase todos com música autoral, e cantou com artistas como Lenine e Zélia Duncan. 

“Tive a oportunidade de trabalhar com grandes artistas múltiplos, meu primeiro disco foi produzido por Moacir Franco. Depois trabalhei com Arnaud Rodrigues, acabei aprendendo um pouco de cada coisa”, contou Pinheiro, que escolheu o Time Brown para seguir na competição.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...