MENU

05/06/2021 às 00h00min - Atualizada em 05/06/2021 às 00h00min

Bastidores

Pagamento

A prefeitura de Imperatriz mudou o calendário de pagamento dos servidores. Pagando antes de terminar o mês desde o início do primeiro mandato do prefeito Assis Ramos, agora vai pagar no quinto útil do mês seguinte, já incluído maio passado, que pela tabela seria quitado no próximo dia 8 de junho, terça-feira. Entretanto, na tarde de ontem o dinheiro caiu nas contas dos servidores. Consta que houve muita chiadeira, daí o pagamento ter sido feito nesta sexta-feira. A prefeitura recebe cotas do FPM religiosamente nos dias 10, 20 e 30, cujo dinheiro é usado na quitação da folha, que em Imperatriz estaria alta. Será que somente o dinheiro do FPM não está sendo suficiente, precisando completar com recurso da arrecadação própria? Nesses tempos de pandemia, a arrecadação diminuiu. A verdade é que toda empresa privada e órgão público têm, pela lei, até o quinto dia útil para pagar seus funcionários. Só que os servidores públicos municipais de Imperatriz foram “viciados” a receber ainda dentro do mês. Daí, quando o pagamento não sai antecipado, vem a chiadeira, com muitos já dizendo que “o salário atrasou”. Pelo novo calendário, o pagamento ficou assim: Maio - 8 de junho; Junho - 7 de julho; Julho -  6 de agosto; Agosto - 8 de setembro; Setembro - 7 de outubro; Outubro -  8 de novembro; Novembro - 7 de dezembro; Dezembro - 7 de janeiro. 

Será?

O jornalista Gilberto Léda, de São Luís, informa que o secretário de Educação do estado, Felipe Camarão, poderá ser o companheiro de chapa do vice-governador Carlos Brandão (PSDB), candidato à sucessão de Flávio Dino em 2022. Atualmente no DEM, Camarão poderá se filiar ao PT. Há poucos dias Carlos Brandão manteve conversas com dirigentes petistas no sentido do PT fazer coligação com o partido tucano. 

E...

Se realmente acontecer o que vem sendo especulado, o PCdoB, partido do governador Flávio Dino, não fará parte da chapa ao Palácio dos Leões. A vaga na chapa majoritária seria apenas para o Senado, com Dino sendo o candidato, como já está definido. Mas é aguardar, porque ainda tem muita água para passar debaixo da ponte do São Francisco.

Mantidas

Em entrevista na manhã de ontem, como vem fazendo todas as sextas-feiras, o governador do Flávio Dino anunciou que manteve as atuais medidas restritivas, prorrogadas até o dia 14 de junho. Entretanto, Dino observou que cada município pode fazer o seu próprio decreto. Ele lamentou que 94 dos 217 municípios maranhenses ainda não alcançaram 85% na aplicação e/ou alimentação do sistema do Ministério da Saúde sobre a vacinação. 

Obras

O Tribunal de Contas da União (TCU) aprovou relatório de auditoria que avaliou o cenário e a evolução da situação das obras paralisadas no País financiadas com recursos da União. O documento aponta redução significativa no número de obras informadas pelo Poder Executivo, o que revela fragilidades nos bancos de dados do governo federal. Enquanto em 2018 foram levantados mais de 38 mil contratos, o atual diagnóstico totalizou apenas 27 mil. “Ou seja, mais de onze mil obras desapareceram dos bancos de dados consultados”, destacou o ministro do TCU Vital do Rêgo, relator do processo. A maior diferença refere-se ao banco de dados do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), que possui as obras com valores mais altos.

Obras II
A incompletude identificada nos bancos de dados está relacionada à aprovação do Decreto 10.012/2019, que descentralizou a gestão e governança dos empreendimentos do PAC para os diversos ministérios, e do  Decreto 9.722/2019, que extinguiu o Sistema de Monitoramento do PAC (SisPAC). Com isso, parte dos órgãos e entidades teria deixado de encaminhar ao Ministério da Economia as informações de suas carteiras de projetos.
Link
CORIOLANO FILHO

CORIOLANO FILHO

CORIOLANO Miranda Rocha FILHO, passou a comandar a Redação depois de ter passado por praticamente todos os setores do jornal.

Tags »
Relacionadas »
Comentários »
Loading...