MENU

02/06/2021 às 00h00min - Atualizada em 02/06/2021 às 00h00min

Coluna do Lima Rodrigues


 ESPORTE
Empresário criado em Imperatriz assume a presidência do Parauapebas Futebol Clube (PFC) e quer levar o time à elite do futebol paraense


O jovem empresário do segmento esportivo Cleiton Soares, que acaba de assumir a presidência do Parauapebas Futebol Clube, chega com novas ideias, espírito de equipe, com vontade de trabalhar e atingir três metas a médio e longo prazo: “conquistar a segundinha, chegar à primeira divisão do campeonato paraense e, no futuro, à série D do campeonato brasileiro”.

Cleiton nasceu em Miranorte, no Tocantins, foi criado em Imperatriz (MA) e está em Parauapebas há quase 10 anos.  É casado e pai de três filhos, torcedor do PFC desde quando chegou à cidade, e do Cavalo de Aço, o time de Imperatriz.  Praticante de jiu-jitsu em fase iniciante, ele já contribuiu e apoiou várias competições dos chamados “Esporte de Ação” e “Esportes Radicais e também eventos de cultura alternativa na área do Hip Hop, o Parauabreak. “Sempre gostei do esporte de um modo geral e de eventos culturais, porque o esporte e a cultura envolvem pessoas e equipes diversas e acabam fortalecendo as amizades e contribuindo com a formação de crianças e jovens no nosso município”, disse ele.

Cleiton Soares afirmou que aceitou o desafio de dirigir o PFC porque sempre teve vontade de desenvolver o futebol em Parauapebas. “Ao ver o PFC  sem conseguir sucesso há quatro anos, resolvi aceitar o desafio, unir forças, montar uma equipe competente, dedicada e profissional para formar um time forte visando conquistar a segundinha, o campeonato paraense e até participar do Brasileirão. Trabalhamos com um simples tripé: foco no trabalho, amor ao se que se faz e o motorzinho da economia, que é o torcedor”, destacou.

Torcida

O presidente da PFC disse que o torcedor de Parauapebas é um apaixonado pelo futebol e acredita no apoio e na contribuição da torcida. “Estamos discutindo meios da torcida apoiar o time financeiramente e nos ajudar nesta luta de levar o PFC para o lugar de destaque que ele sempre mereceu no futebol paraense. Para isso, vamos promover churrascos/feijoadas, eventos esportivos, procurar fazer parcerias com o comércio local para que o torcedor obtenha descontos nas lojas e outros benefícios por intermédio do CLUBE DE VANTAGENS DO PFC”, declarou.

Entre os eventos previstos na programação da nova diretoria do PFC está uma feijoada para comemorar os 12 anos de fundação do clube. “O aniversário do PFC é dia 24 de junho, mas vamos fazer a feijoada dia 27 de junho e esperamos contar com a adesão dos torcedores e empresários da cidade, acionando o motorzinho do time, que é o torcedor”, afirmou, ressaltando que para manter um time os gastos são altos e ninguém faz nada sozinho. “Aqui não trabalhamos com o EU e sim com o NÓS, porque estamos engajados em espírito de equipe. Vamos expandir as atividades do PFC, criando um time de futsal masculino e um feminino, para realizarmos atividades esportivas o ano todo e não apenas três meses como ocorre hoje em dia. A chegada do novo treinador do time, Luís Carlos Cruz, e de sua equipe nesta semana, com certeza dará um novo impulso e tudo será feito com muito planejamento.  E entre outras formas de arrecadar recursos para manter o time, pretendemos vender camisas, canecos e chaveiros com a marca do PFC. “Já até conseguimos uma loja lá no Estádio Rosenão, em uma parceria com o presidente da Liga Esportiva de Parauapebas, Pedro Neto, para vendermos os produtos do PFC”, revelou o presidente do Gigante do Aço.

“Agradeço a Deus, à minha família e às pessoas que depositaram esta confiança em mim para dirigir o PFC. Peço a Deus que ilumine nossos passos. Desejamos tudo de bom e boa sorte ao time de gestão, ao elenco e à torcida”, declarou Cleiton Soares.

Revolução no futebol parauapebense

O Gigante de Aço está de volta. A partir deste mês de junho começa um novo momento na história do Parauapebas Futebol Clube (PFC). Mais forte e de cara nova. Novo em tudo: nova marca, nova diretoria, novo manto e novo técnico, além de novos jogadores.

O novo presidente Cleiton Soares disse que a nova diretoria está chegando com muitas mudanças. “Estamos chegando com uma nova visão, promovendo mudanças, trazendo modernização para um novo time, com uma administração inovadora”, afirmou Soares, acrescentando que “o time terá novos uniformes, o novo técnico é o catarinense Luís Carlos Cruz, que foi campeão catarinense com o Figueirense e passou pelo Clube Sportivo Sergipe, Fortaleza, entre outros clubes, ” e que “já foram contratos 17 atletas do Pará e de outros estados, já testados em clubes com renome nacional e alguns jogadores com experiência até no exterior”.

Ele disse ainda que “estão sendo avaliados 60 atletas para possíveis contratações de 25 jogadores do cenário nacional, com o objetivo de fazer um time cada vez mais vencedor e forte para a disputa da segunda divisão do campeonato paraense”.

O presidente Cleiton Soares informou ainda que o PFC fará uma parceria com as lideranças da Terra Indígena Xikrin do Keteté, de Parauapebas, para a realização de “peneiras visando a revelação de jovens atletas do município”.

Nesta quarta-feira, 2 de junho, às 19h, em um hotel de Parauapebas, será realizada uma entrevista coletiva, quando a nova diretoria do PFC dará mais detalhes sobre as importantes mudanças que estão ocorrendo no Parauapebas Futebol Clube.

Novas metas

Como presidente do PFC, o imperatrizense Cleiton Soares chega com novas ideias, espírito de equipe, com vontade de trabalhar e atingir três metas a médio e longo prazo: “conquistar a segundinha, chegar à primeira divisão do campeonato paraense e, no futuro, à série D do campeonato brasileiro de futebol”.

Cleiton Soares afirmou que aceitou o desafio de dirigir o PFC porque sempre teve vontade de desenvolver o futebol parauapebense. “Ao ver o PFC sem conseguir sucesso há quatro anos, resolvi aceitar o desafio, unir forças, montar uma equipe competente, dedicada e profissional para formar um time forte visando conquistar a segundinha, o campeonato paraense e até mesmo participar do Brasileirão. Trabalhamos com um simples tripé: foco no trabalho, amor ao se que se faz e o motorzinho da economia do time, que é o torcedor”, destacou.

O apoio da torcida para fortalecer o time

O novo presidente do Parauapebas Futebol Clube disse que o torcedor de Parauapebas é um apaixonado pelo futebol e acredita no apoio e na contribuição da torcida. “Estamos discutindo meios da torcida apoiar o time financeiramente e nos ajudar nesta luta de levar o PFC para o lugar de destaque que ele sempre mereceu no futebol paraense. Para isso, vamos promover churrascos/feijoadas, eventos esportivos, procurar fazer parcerias com o comércio local para que o torcedor obtenha descontos nas lojas e outros benefícios por intermédio do CLUBE DE VANTAGENS DO PFC”, declarou.

Entre os eventos previstos na programação da nova diretoria do PFC está uma feijoada para comemorar os 12 anos de fundação do clube. “O aniversário do PFC é dia 24 de junho, mas vamos fazer a feijoada dia 27 de junho e esperamos contar com a adesão dos torcedores e empresários da cidade, acionando o motorzinho do time, que é o torcedor”, afirmou, ressaltando que para manter um time os gastos são altos e ninguém faz nada sozinho.
Link
Tags »
Relacionadas »
Comentários »
Loading...