MENU

21/05/2021 às 00h00min - Atualizada em 21/05/2021 às 00h00min

Linha de Fundo

Lamentável

O que aconteceu no fim da tarde de quarta-feira (19), em que parte de uma torcida organizada do Imperatriz e o gerente de futebol Charles Guerreiro, entraram em atrito, foi realmente lamentável. Acho que apelar para a violência, tanto de uma parte como de outra, não vai ajudar em nada o Imperatriz, que está em uma situação difícil. Isso só faz piorar as coisas. 

Respeito

Faltou respeito dos dois lados. Da torcida, que tem todo o direito de protestar, mas não marcando encontros para briga, como também do gerente de Futebol Charles Guerreiro, que não agiu com bom senso, mesmo a gente conhecendo a história dele. Como grande jogador que foi, faltou bom senso ao Charles. Poderia ter tirado essa situação de letra, não marcar briga com a torcida.

Calma

Cabe à torcida também manter a calma, porque o trabalho está só começando. Que um crédito de confiança seja dado ao médico e empresário Wagner Ayres, que está tendo muita boa vontade para tocar um barco que está à deriva desde o ano passado. Vamos ter calma, minha gente! Pior fez a diretoria anterior, que abandonou o barco. 

Tiro

Realmente houve um disparo, segundo informações, feito por um agente penitenciário da SEAP, que vendo o Charles cercado, fez o disparo para cima, para dispersar os torcedores. Para alguns torcedores, a pessoa que disparou é segurança do Charles, mas não é nada disso. A Polícia foi chamada e acalmou os ânimos. Milito na crônica esportiva de Imperatriz há décadas, mas jamais tinha noticiado uma situação dessa. Acho que esse tipo de situação não vale a pena.

Equívocos

Até por inexperiência, a diretoria tem cometido alguns equívocos, como anunciar jogadores que jamais foram sequer contactados. A torcida reclamou à coluna, que foi contratado um jogador que joga basquete, ao invés de futebol. O jogador é o Lucas Colmanetti. Mas joga também futebol, isso não serve de base para marcar uma briga. 

Desistir

Tem torcedor que prefere que o Imperatriz desista de disputar a Série D, esse ano. Aí, seria realmente o fim. Mas nessa altura do campeonato, não tem mais jeito. E o Imperatriz tem a Copa FMF para disputar e se o Sampaio conquistar o estadual, o Cavalo de Aço disputará a pré-Copa do Nordeste. Não pode desistir. Tem de ir em frente.

CURTINHAS

A gente entende a paixão, mas acho que a torcida tem de manter a calma e deixar a diretoria trabalhar***Pressão não vai adiantar nada, ainda mais em um trabalho que está apenas começando e em um momento desse, e acima de tudo, sem praticamente dinheiro, em que a diretoria tem de meter a mão no bolso***Não vou discutir aqui a saída do Paulo Vitor***Mas achei inoportuna nesse momento, ainda mais que o jogador foi para o Fluminense, sem nenhuma perspectiva***E por conta própria***Charles Guerreiro o acompanhou, pelo bom acesso que tem em qualquer grande clube do futebol brasileiro***Fazendo um resumo na atual situação do Imperatriz, eu diria que a montagem do time está atrasada.
Link
DEMA DE OLIVEIRA

DEMA DE OLIVEIRA

DEMA DE OLIVEIRA é responsável pelas editorias de Polícia e Esportes

Tags »
Relacionadas »
Comentários »
Loading...