MENU

31/03/2021 às 00h00min - Atualizada em 31/03/2021 às 00h00min

Fora da Pauta

  

Bastidores

Embora tenha prestado um bom serviço aos municípios maranhenses, o senador Roberto Rocha está numa sinuca de bico e precisará avaliar com tranquilidade e serenidade seu futuro político. Isto porque o quadro eleitoral como se apresenta até o momento não lhe é favorável. Pelas indicações, a disputa com chances reais de chegar ao Palácio dos Leões estão restritas aos nomes de Weverton Rocha e Brandão, que vai para a eleição no cargo de governador, o que é uma força e tanto. Embora em eleições tudo é possível, a realidade deve ser encarada por quem tenha pretensão de ser candidato a algo.

Bolsonaro

Sem partido, e ainda esperando, o presidente Bolsonaro não decidiu em qual partido se filiará para ele seguir, Roberto Rocha espera ser o candidato a governador com o apoio do presidente. Acontece que no Maranhão o Bolsonaro não está bem e não se sabe como ele estará na foto no ano quem vem, ano das eleições. E se tampouco Bolsonaro terá como ajudar os candidatos nos estados, tendo em vista que estará preocupado é com sua reeleição.

Senador

Se decidir por disputar a reeleição, também não será nada fácil, pois o governador Flávio Dino é hoje o favorito para a vaga e Rocha terá chances de ser reeleito somente com Flávio Dino sendo o vice de Lula, o que abriria nova possibilidade do senador.

Duvidoso

Lembro que na eleição passada, o deputado federal Sarney Filho tinha sua reeleição praticamente assegurada e aí decidiu disputar uma vaga de senador em um momento em que seu grupo estava fragilizado e deu no que deu, ficou sem mandato e hoje é secretário de Meio Ambiente no DF. Roberto poderia trilhar o caminho novamente de ser deputado federal, onde teria mais chances de eleição, e menos complicada.

Obrigação

A merenda escolar distribuída em forma de cestas básicas aos pais dos alunos, não é uma ajuda e não é um favor, é uma obrigação por força da lei federal 786/2020, de autoria do deputado federal HILDO ROCHA. Quem se aproveita da fome do povo num momento desse pra se promover não é digno do seu respeito, enganar o povo com o que já é do povo é lastimável.

Imposto

É de autoria do deputado, também, a lei que determinou que os impostos como ICM e ISS fiquem nos municípios da compra e não na origem, como estava ocorrendo, e com isso os municípios sofreram enormes prejuízos, com os impostos ficando em sua maioria em São Paulo. Agora é recolhido onde foi comprado.

Câmara

Na semana passada, a Câmara de Imperatriz aprovou projeto adequando a lei enviado pelo Executivo para que seja feito o devido recolhimento em Imperatriz do que é comprado pela internet em outros estados. Vai aumentar a receita do município.

Vida

Que segue. Rebaixado no campeonato fracassado da Federação Maranhense, que não está nem aí para seus filiados, o time do Imperatriz precisa levantar a cabeça, mesmo sendo um momento crítico, pois o campeonato Brasileiro da Série D está batendo na porta e é preciso apagar todo o vexame da temporada até agora. E aqui vai uma opinião: o atual presidente  Wagner Ayres é o que menos tem culpa pelo fracasso. Credita-se boa parte do Adauto Carvalho, que deixou a bomba para o Wagner.

Reflexão 

 “Eu também sou vítima de esperanças dilaceradas. Mesmo assim, tenho um sonho, porque a gente não pode desistir da vida.” (Martin Luther King, pastor batista, assassinado em 1968). Vivemos dias difíceis pela perda de tantas vidas de parentes, amigos e desconhecidos, para este vírus que assusta o mundo.  Mas, haverá um amanhã que irá refazer nossas forças e, nesse dia, voltarão os abraços e apertos de mãos adiados. Vamos que vamos! Dias melhores virão! Bom dia.
Link
WILLIAN MARINHO

WILLIAN MARINHO

WILLIAN MARINHO é colunista de política em O Progresso

Tags »
Relacionadas »
Comentários »
Loading...