MENU

17/03/2021 às 00h00min - Atualizada em 17/03/2021 às 00h00min

Bastidores

Futuro

O ex-prefeito Sebastião Madeira garante que vai reunir o PSDB, nem que seja virtualmente, para conversar sobre o futuro do diretório municipal, presidido pela professora Miriam Reis, depois da mudança do comando estadual da legenda. Como se sabe, o senador Roberto Rocha deixou a presidência estadual do partido, que volta para o comando do vice-governador Carlos Brandão. Rocha não vinha se sentindo à vontade no PSDB, que em nível nacional faz oposição ferrenha ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido), de quem o senador é aliado de primeira hora. Mesmo com a saída de RR, Sebastião Madeira confirmou a O PROGRESSO que não deixará o partido para seguir o líder. O encontro com Madeira é muito esperado pelos tucanos de Imperatriz.

E…

Enquanto em nível nacional o PSDB faz oposição a Bolsonaro, o PRB, partido ao qual estava filiado o vice-governador Carlos Brandão, faz parte da base aliada do presidente no Congresso Nacional. E o que isso quer dizer? Quer dizer que assim como o ninho tucano estadual, pode haver também mudança no comando do PRB no Maranhão. Não se espante se o senador Roberto Rocha assumir o partido no estado.

Mídia

“Como deputado estadual, é característica minha a atuação constante para diminuir o preço dos combustíveis no Maranhão. Estarei presente em todas as reuniões para que a CPI traga resultados e não apenas mídia”. A declaração foi feita pelo deputado estadual Wellington do Curso (PSDB), ao participar da reunião de lançamento da CPI dos Combustíveis, criada pela Assembleia Legislativa e cujo presidente é o autor da proposta, deputado Duarte Júnior (Republicanos).

No comando 

A psicóloga Kelly Rocha assumiu a coordenação da Superintendência Regional de Saúde de Imperatriz. Ela é ex-vice-prefeita de Montes Altos, município em que também foi secretária de Saúde. É profissional da área e, portanto, conhecedora dos problemas e dos meios para solucioná-los. 

Prévias

O PSDB realizará em outubro prévias para a escolha de seu candidato à Presidência da República em 2022. A decisão foi publicada em Resolução assinada pelo presidente nacional do partido, Bruno Araújo. A eleição para a escolha de candidatos a cargos majoritários está prevista no artigo 151 do Estatuto do PSDB e deve ocorrer “sempre que houver mais de um candidato disputando a indicação do partido”. O mesmo artigo também garante à Executiva Nacional a prerrogativa de disciplinar a realização das prévias. Já o artigo 152 assegura que o candidato vencedor terá seu nome homologado pela Convenção convocada para este fim. O governador de São Paulo, João Dória, vem manifestando a pretensão de entrar na briga pelo Palácio do Planalto.

Troca-troca

O médico Marcelo Queiroga é o quarto ministro da Saúde do governo Jair Bolsonaro em pouco mais de dois anos. Antes do General Eduardo Pazzuelo, comandaram o Ministério os médicos Luiz Henrique Mandetta e Nelson Teichi. O que vem acontecendo para tanta mudança? Os nomeados não tiveram competência para comandar a pasta ou o problema está mesmo no presidente?
Link
CORIOLANO FILHO

CORIOLANO FILHO

CORIOLANO Miranda Rocha FILHO, passou a comandar a Redação depois de ter passado por praticamente todos os setores do jornal.

Tags »
Relacionadas »
Comentários »
Loading...