MENU

30/01/2021 às 00h00min - Atualizada em 30/01/2021 às 00h00min

A INSENSATEZ...

 
... é, sem dúvida, irmã da malvadeza (Sófocles).

É censurável! Uma sociedade apartada com a certeza e a incerteza... pela falta e ausência da prudência.

O mundo e o Brasil vivem expectativa de encontrar solução para brecar essa doença que atrapalha tudo na vida da humanidade. 

Mas, por incrível que pareça, nosso continente cortado pelas linhas do Equador e pelo trópico de capricórnio, se dar ao luxo da absurdidade diante de fato e fatos.
Encalha de maneira vertical com o provérbio 5:23 – certamente morrerá por falta de disciplina; andarás cambaleando por causa da insensatez...

[...] não é racionável, pois falam e agem sem pensar antes...

Olha! Sem babaquice: o que já armaram e continuam armando de arapucas para o presidente da República, não se viu nem no tempo em que o Brasil estava sendo surrupiado pelos gatunos do erário!

De Guaraná Jesus a vacina e, tantas outras mesmices; as redes sociais pelo atalho dos desserviços, passam a reprimenda bagunça, só porque o tesouro público ninguém está metendo a mão como dantes.

Como a cultura do erro pressupõe-se falha como algo que traz novos pensamentos e atitudes pessoais com o suposto convencimento coletivo empurrado pelos descontentes e movidos de Fake News.

O mandatário maior da República é o paradoxo dos contrariados. Principalmente, diante das perdas de vidas humanas com prejuízos materiais, emocional e psicológico. Está faltando os reguladores de sentimentos!

E a pergunta incessante: O que vem depois da pandemia?

[...] O conceito é de que o mundo não será como antes...

Imprevisibilidade, como manifestação que acompanha a humanidade desde sempre... faz-se necessário reconstruir.

Mas com esperança e fé, somos capazes de vencer e reorganizar nossas vidas.

Ah! Se a humanidade fosse como o sol que não visa recompensa, nem elogio, não espera lucros nem fama, simplesmente brilha!

Aí viveríamos de bem-aventurança como fruto que se colhe provindo da felicidade que se sameia.

Para boas recompensas, não há caminho estreito!

Bom final de semana.
Link
BANDEIRA NETO

BANDEIRA NETO

Nelson BANDEIRA NETO é cronista e funcionário do SESI-Serviço Social da Indústria

Tags »
Relacionadas »
Comentários »
Loading...