MENU

23/01/2021 às 00h00min - Atualizada em 23/01/2021 às 00h00min

Bastidores


Sem folia 
Medida mais do que acertada do governador Flávio Dino. Decidiu pelo cancelamento do Carnaval no Maranhão, nos moldes como vinha sendo realizado nos últimos anos, com circuitos no Centro Histórico de São Luís e nas demais cidades do estado. Embora já tenha iniciado a vacinação contra a Covid-19, certamente até o período carnavalesco (13 a 16 de fevereiro) o número de vacinados ainda seja tímido, porque não está havendo uma vacinação em massa no País. Mas as autoridades não devem se ater apenas ao carnaval. No momento estão sendo vistas aglomerações em todos os lugares, com festas que reúnem milhares de pessoas. Em Imperatriz, basta sair à noite para constatar o que está acontecendo. Tivemos dois casos sérios recentes na região. Um show em Imperatriz e outro em Cidelândia, este em comemoração à vitória do prefeito Fernando Teixeira, um ato simplesmente considerado irresponsável. Portanto, é bom que as autoridades do estado e dos municípios não deixem a coisa correr frouxa, porque o próprio povo não está fazendo a sua parte. Embora o aumento de casos e de mortes, grande parte continua levando a coisa na brincadeira. Cuide-se.

E..
Veja um trecho da nota divulgada ontem pelo governo: “A Secretaria de Estado da Cultura (Secma) informa que, em razão da falta de vacinação em massa contra a Covid-19, o Governo do Maranhão decidiu não realizar qualquer evento que gere grandes aglomerações, a exemplo do carnaval. Eventos desse porte só serão retomados pela gestão estadual quando houver segurança sanitária e liberação das autoridades de saúde competentes. Também não há previsão de nova data para celebração do carnaval 2021. A definição de um novo calendário da festividade no Maranhão dependerá da liberação das autoridades em saúde pública”.

Será?
Sobre a vitória do candidato à presidência da FAMEM, o prefeito Erlânio Xavier, um observador político acredita que o senador Weverton Rocha (PDT)  vai continuar exercendo forte influência na Federação dos Municípios do Estado do Maranhão. Aliado do senador, Erlânio  derrotou o prefeito Fábio Gentil, apoiado pelo vice-governador Carlos Brandão. O vice e o senador são aliados do governador Flávio Dino (PCdoB), de quem querem a bênção na disputa pelo Palácio dos Leões em 2022. Embora, por enquanto, o clima entre ambos seja de disputa, já há quem aposte numa junção lá na frente com Weverton indicando o vice de Brandão, e quem sai fortalecido para essa indicação é justamente o fiel Erlânio. 

E…
Falando em eleição estadual de 2022, quem será o principal adversário do candidato apoiado pelo governador Flávio Dino? Roberto Rocha (PSDB), Lobão Filho (MDB) ou mesmo Roseana Sarney (MDB)? Uma coisa é certa: pelo que vem fazendo Flávio Dino no estado, dificilmente ele deixará de fazer o sucessor. É aguardar.

Opção 
Um dos nomes que observadores políticos apontam como uma boa opção do governador Flávio Dino para escolher como candidato à sua sucessão, em 2022, é o secretário de Estado da Infraestrutura, Clayton Noleto. O imperatrizense já é conhecido em todo o estado pelo grande volume de obras que o governo vem executando em todas as regiões. Mas, por enquanto, o caminho do secretário é Brasília, se candidatando a deputado federal. 

Doses
O secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, espera que o Maranhão receba 50 mil doses da vacina de Oxford, do lote que chegou ontem da Índia. Foram enviados 2 milhões de doses. No início da semana, o Maranhão recebeu 160 mil doses da CoronaVac. 
Link
CORIOLANO FILHO

CORIOLANO FILHO

CORIOLANO Miranda Rocha FILHO, passou a comandar a Redação depois de ter passado por praticamente todos os setores do jornal.

Tags »
Relacionadas »
Comentários »
Loading...