MENU

28/11/2020 às 00h00min - Atualizada em 28/11/2020 às 00h00min

​OS PIDÕES!!!


Adivinhe de quem estou falando? Não pode ser outra personagem senão o for do político. Infelizmente.

Na campanha eleitoral vive prometendo coisas e mais coisas, principalmente para a juventude.

Muito deles estão acirradamente ligados ao esporte e a cultura, excursão, torneios, materiais esportivos, corridas tudo às custas de terceiros... Assim é bom fazer política.

São uns verdadeiros Pidões, que querem seguir carreira política pendurado no simidão. E o pior, ainda tem um monte de desocupados de mente vazia, que sai batendo palma.

Mas, como o povo tem o governo e representantes que merece... quando quebrar uma perna, braço, estourar os meniscos, vai ficar aleijado porque a política foge da área de correspondência médica e ortopédica.

Isso é mesma coisa do médico dá a receita para o eleitor e mandar ele comprar o remédio.

E o pior. É tudo de graça! A insensibilidade deles é achar que os ambientes usados não têm custo...

...Com energia elétrica, água limpeza; os banheiros deixam em estado deplorável, sem o mínimo procedimento higiênico.

O governo do estado e município deveriam construir nos bairros populacionais da cidade, praças e ginásios esportivos, para que a sociedade usufruísse desses benefícios sem ônus para os interessados, inclusive, os políticos que fazem suas campanhas como pano de fundo. 

Os adeptos por esporte desta cidade são muitos, portanto, existe uma escassez, plenamente, pela falta de espaços para eventos esportivos no campo do amadorismo.

No momento atual, começo de gestão e mandatos, para elaborarem ou melhor, elencar as inúmeras promessas com diversos projetos sociais, para serem implantados na cidade onde os eleitos receberam a confiança do voto do eleitor.

A contrapartida deve ser essa; o tiroteio foi sem limite, tudo em torno da sobrevivência política.

Quando se trata de esporte na terra do frei, tudo tem a ver com o objetivo político partidário.

Veja o time do Cavalo de Aço, o único clube profissional da cidade, amarga vergonhosamente a desclassificação com 01 (um) ponto ganho em todo o campeonato.

Quase todos os dirigentes que entraram para administrá-lo trazem a propósito o interesse futuro de participar das   competições eleitorais a cargos de espécies desejadas. Taí o resultado. Verdadeiro saco de pancada.

Aproveitando de todo esse desmantelo de ansiedade de querer aparecer, não limitando-se as consequências em deteriorar o pouco da história que Imperatriz ainda tem.

A prefeitura, pelo seu estafe mandatário, que não sabe definir – a ciência dos homens no tempo – para agradar políticos sem compromisso com a cidade, quer mudar ou já mudou a simbologia da avenida do nome de Manoel Ribeiro Soares.

Alô prefeitura câmara e vereadores! O senhor Manoel Ribeiro Soares foi em vida comerciante e político. Atuou como vereador em Imperatriz de 03 de maio de 1951 a 31 de janeiro de 1955, e foi presidente da câmara legislativa do município.

Manoel Ribeiro Soares foi o primeiro presidente da Associação Comercial de Imperatriz. Portanto, ELE tem mais importância do que qualquer outro agregado político em evidência.

A importância comercial que exercia à época, era de tamanha importância, na proporcionalidade, como se fosse a Suzano hoje. Em produtividade, renda emprego e alto contribuinte de impostos para o Estado e Município.

Os senhores estão rasgando e cometendo um desatino contra a história e a cultura da cidade.

Êta, Imperatriz! Parece terra de ninguém.

                                                       Prá que complicar tanto?

Link
BANDEIRA NETO

BANDEIRA NETO

Nelson BANDEIRA NETO é cronista e funcionário do SESI-Serviço Social da Indústria

Relacionadas »
Comentários »
Loading...