MENU

17/09/2022 às 00h00min - Atualizada em 17/09/2022 às 00h00min

A campanha Setembro Amarelo® salva vidas!

NAILTON LYRA

NAILTON LYRA

O Doutor ​NAILTON Jorge Ferreira LYRA é médico e Conselheiro Regional de Medicina e Conselheiro Federal de Medicina representando o Estado do Maranhão


   
Desde 2014, a Associação Brasileira de Psiquiatria – ABP, em parceria com o Conselho Federal de Medicina – CFM, organiza, em território nacional, o Setembro Amarelo®. O dia 10 deste mês é, oficialmente, o Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio, mas a iniciativa acontece durante todo o ano. Atualmente, o Setembro Amarelo® é a maior campanha anti estigma do mundo! Em 2022, o lema é “A vida é a melhor escolha!” e diversas ações já estão sendo desenvolvidas.

O suicídio é uma triste realidade que assola ao mundo. Em 2019 foram notificados mais de 700 mil, e se formos para a subnotificação teríamos mais de um milhão de casos. No Brasil os registros chegam a 14 mil casos/ano, ou seja, 38 pessoas cometem suicídios por dia.

Embora os números estejam diminuindo, os países das Américas estão na contramão dessa tendência, com índices que não param de aumentar, segundo a OMS. Sabe-se que praticamente 100% de todos os casos de suicídio estavam relacionados às doenças mentais, principalmente não diagnosticadas ou tratadas incorretamente. Dessa forma, a maioria dos casos poderia ter sido evitada se esses pacientes tivessem acesso ao tratamento psiquiátrico e informações de qualidade.

Setembro Amarelo® 2022: a vida é a melhor escolha! 

Todos nós devemos atuar ativamente na conscientização da importância que a vida tem e ajudar na prevenção do suicídio, tema que ainda é visto como tabu. É importante falar sobre o assunto para que as pessoas que estejam passando por momentos difíceis e de crise busquem ajuda e entendam que a vida sempre vai ser a melhor escolha.

Quando uma pessoa decide terminar com a sua vida, os seus pensamentos, sentimentos e ações se apresentam muito restritivos, ou seja, ela pensa constantemente sobre o suicídio e é incapaz de perceber outras maneiras de enfrentar o problema. Essas pessoas pensam rigidamente pela distorção que o sofrimento emocional impõe. 

Informar-se, para aprender e ajudar o próximo, é a melhor saída para lutar contra esse problema tão grave. É muito importante que as pessoas próximas saibam identificar que alguém está pensando em se matar e a ajude, tendo uma escuta ativa e sem julgamentos, mostrar que está disponível para ajudar e demonstrar empatia, mas, principalmente a levando ao médico psiquiatra, que vai saber como manejar a situação e salvar esse paciente.

O suicídio é um importante problema de saúde pública, morrem mais pessoas por suicídio do que por HIV, malária ou câncer de mama. Entre as pessoas de 15 a 29 anos é a quarta causa de morte.

No Brasil a taxa é de 12,6% / 100 mil homens e 5,4% / 100 mil mulheres.

No mundo, a taxa de suicídios está diminuindo com taxa global diminuindo em 36%, mas nas Américas houve aumento de 17% no período entre 2000 e 2019. Atualmente somente 38 países, e o Brasil entre eles, têm estratégia nacional de prevenção do suicídio.

Em 2017, a ABP e o CFM criaram as Diretrizes para Participação e Divulgação do Setembro Amarelo®. O documento serve para orientar toda a sociedade sobre a participação na Campanha, como utilizar corretamente os materiais de utilidade pública produzidos, e de que maneira incentivar o Setembro Amarelo em cada região.

As Diretrizes destinam-se a pessoas físicas, empresas e demais parceiros que queiram atuar junto à ABP e ao CFM na diminuição do estigma e, consequentemente, na prevenção ao suicídio. Acesse abaixo e saiba como participar da Campanha Setembro Amarelo.

Baixe o PDF das Diretrizes Para Participação e Divulgação da Campanha Setembro Amarelo.

Campanha da Sociedade Brasileira de Psiquiatria (SBP) e do Conselho Federal de Medicina (CFM
Leia Também »
Comentários »