MENU

14/05/2022 às 00h00min - Atualizada em 14/05/2022 às 00h00min

NOSTÁLGICOS CAVALOS!!!

BANDEIRA NETO

BANDEIRA NETO

Nelson BANDEIRA NETO é cronista e funcionário do SESI-Serviço Social da Indústria

 
Este subtítulo faz lembrar como os “cavalos” são tão  importante para o homem do campo... chamai-o pra embrenhar na juquira daninha?...com o vaqueiro?...puxar boi é seu destino.

Onde a figura do “cowboy brasileiro” se destina a cuidar do gado alimentação e conservação do local e colocá-los no curral.

Universalmente, este animal tem uma história de longevidade que no ano 1.000 a.C., o cavalo já havia sido domesticado como  poderoso meio de transporte...

... Como ele existe há mais de 55 milhões de anos!

Vocacionado pela sua grandeza e por ser hípico e atender a comunidade pecuarista em todas às distâncias e o trabalho dos boiadeiros tangendo o gado para curral de manejo.

Por que nostálgicos cavalos?

Nos tempos atuais os animais como (bovinos) são empurrados por uma motocicleta substituindo os velhos costumes e hábitos milenar do homem do gibão-de-couro, semelhante a um colete da obstinada montaria.

Esses serviços do campo é feito, hoje, por um “motoqueiro”, ao ponto de causar estresses ao rebanho, acostumado, há ouvir, o pisado do equino o cheiro da relva e soar da voz do campeiro.

Logo-logo o “berrante” vai ser substituído, também, pela toada do reggae do Jimmy Cliff/Bob Marley, para sobrepujar à agricultura com toque de modernidade diante da boiada assustada  e com seu remelexo andando para seu estábulo natural.

Infelizmente, aquela cultura riquíssima, marcada pela indumentaria de couro, o berrante e o aboio... vai ser só lembrança sobre à vida da zona rural.

É evidente que a modernidade trouxe avanços em praticamente todas as esferas de conhecimentos e retrocesso, também,  como as pessoas se relacionam.

Todavia, o inovador, virou o mundo de cabeça para baixo com a ideia do certo e do errado atualmente...

Quanto a limitação da vida rústica vivida de modo e costume pastoril; é sofrer drasticamente contraposição urbana em agir e de se locupletar com o mero instinto elementar.

Mas, ainda, há países onde são montados pelos deuses para fazer chover como forma de encontro e prazer!

Eles são capazes de reconhecer sons e vozes familiares a longas distâncias.

Serviram de correios e meio de transporte. Ajudou a construir civilizações.

Pois é... agilidade e cômodo, levam produtores rurais a trocar animais (cavalos) por motocicletas.

Sem enfeites; o costume e hábito do campo ser tão autêntico que nunca se imaginou passasse por esse processo de reviravolta fora da cumplicidade popular.

Enfim,

Com certeza a nostalgia do cavalo fica, assim:

(“”) O cavalo é poesia em movimento, ele pode emprestar a força e a liberdade que não temos.

(...) Não sussurramos  coisas para os cavalos. Deixamos que eles falem conosco.

Bom final de semana! Para todos!
Link
Leia Também »
Comentários »