MENU

12/03/2022 às 00h00min - Atualizada em 12/03/2022 às 00h00min

MARÇO AZUL

NAILTON LYRA

NAILTON LYRA

O Doutor ​NAILTON Jorge Ferreira LYRA é médico e Conselheiro Regional de Medicina e Conselheiro Federal de Medicina representando o Estado do Maranhão


  
Vamos nesta semana aderir e divulgar a importante campanha chamada de Março Azul.

Uma iniciativa da Sociedade Brasileira de Colo Proctologia e da Sociedade Brasileira de Endoscopia digestiva.

Sermos bem objetivos e trataremos da importância do diagnóstico, principalmente o precoce, óbvio, aspectos do tratamento, e de sua prevenção e epidemiologia.
O Câncer colo retal é o terceiro que mais mata no Brasil. Hoje, a chance de uma pessoa desenvolver a doença é de 4,3 %, ou traduzindo, 5 pessoas em 100, sendo que ela é mais comum em homens e mulheres com mais de 45 anos. Em Pindorama atinge mais de 40 mil pessoas / ano. Com o envelhecimento natural de nossa população esse número deverá aumentar.

O Mais preocupante, e o objetivo dessa campanha, é o fato de que 85 % dos casos de câncer colo retal sejam diagnosticados em fase avançada, com considerável pior prognóstico em sua evolução, com uma piora considerável nas chances de cura.
 
Como dito o câncer colo retal atinge o intestino grosso e o reto, um pouco mais frequente nos homens, as pessoas com maiores riscos são as que não possuem hábitos de vida saudáveis, familiares com a doença e idade superior a 45 anos. 

Dados do INCA, Instituto Nacional do câncer, estimam para o triênio 2020 a 2022, 20.540 novos casos em homens e 20.470 novos casos em mulheres, isso estima um risco de 19,64 casos novos para 100 mil homens e 19,03 casos para 100 mil mulheres. 
 
As medidas de prevenção constituem importante aspecto no tratamento do CCR (câncer colo retal), recomenda-se um estilo de vida saudável com boas práticas como evitar o tabagismo, evitar uso abusivo do álcool, fazer atividade física com regularidade, alimentação rica em fibras e evitar alimentos ultra processados, (embutidos p. ex) e açucares, ingesta reduzida de carnes vermelhas, estar em dia com suas consultas médicas e fazer o rastreamento do câncer colo retal, para achar as lesões que antecedem ao tumor.

O diagnóstico precoce e o tratamento aumentam em muito a chance de cura, podemos citar como principais sintomas a presença de sangue nas fezes, alteração do seu hábito intestinal normal (começa a ter intestino preso ou alternar diarreia com intestino preso), dor abdominal em cólica, emagrecimento, falta de apetite e anemia de causa desconhecida. Ah! Não esquecer o aspecto da incidência na família. Com esses sintomas procure seu médico para a adequada orientação.
 
E os exames para o diagnóstico, rastreamento e prevenção. Vamos citar o principais e com alguns comentários, a pesquisa do sangue nas fezes que pode ser realizada por exame imuno-histoquímico ou a pesquisa de sangue oculto nas fezes, podem perder lesões, devem ser realizados anualmente, podem dar resultados falsos e em caso de resultado positivo deve-se realizar a colonoscopia.
 
A colonoscopia é o principal exame para a prevenção, o que incomoda é o preparo, seguro e eficaz em mãos habilitadas, permite a introdução de instrumentos para a manipulação e tratamento das lesões. A colonoscopia virtual, exame eficaz e seguro mas a presença de lesões torna-se necessário a colonoscopia. A sigmoidoscopia flexível, rápido e seguro, não precisa de grande preparo, visualiza somente a porção terminal do intestino, o reto e o sigmoide. Existe também a pesquisa do DNA nas fezes, mas pode dar resultado falso e em caso de resultado positivo é necessário a colonoscopia.
 
E quem são as pessoas de maior risco? Podemos cotar as que tem histórico pessoal de câncer colo retal ou determinado tipos de pólipos, histórico familiar de câncer colo retal, doença inflamatória intestinal (retocolite ulcerativa e doença de Crohn), síndrome CE câncer colo retal confirmada ou suspeita como Síndrome de Lynch ou polipose adenomatosa familiar, radioterapia prévia de abdome ou pelve (exemplo Câncer de colo útero ou próstata).
 
Esse alerta é muito importante para todos, é uma patologia com cura possível e com alto índices quando do diagnóstico precoce.
 
A PRINCIPAL ARMA O RASTREAMENTO DAS LESÔES PRECOCES, LEIAM!.
Tags »
Leia Também »
Comentários »
OPROGRESSONET Publicidade 1200x90