MENU

04/08/2021 às 00h00min - Atualizada em 04/08/2021 às 00h00min

Coluna do Lima Rodrigues

 
Confina Brasil conhece “A Cidade do Boi”, megaconfinamento em Itaporanga (SP)


A equipe da expedição Confina Brasil visitou as fazendas Bergamini, conhecidas como a Cidade do Boi, em Itaporanga (SP). O confinamento possui capacidade estática para 7 a 8 mil animais e gira cerca de 22 mil cabeças durante o ano. Toda a produção de carne e grãos (feijão e milho) é destinada aos supermercados da família na capital paulista.

“Capricho é o que define a família Bergamini. O confinamento é bem estruturado e o cuidado com os animais é perceptível. Eles fazem a compactação do bagaço de cana e usam métodos para vedação do silo, afim de aumentar a eficiência do sistema e diminuir perdas”, destaca o médico veterinário e coordenador do Confina Brasil, Felipe Dahas.

Pará e Tocantins

Nas fazendas Bergamini, uma rede de encanamento distribui água para todo o pasto, com abundância em locais próximos. São mais de 1.000 km de tubulação interligando minas e caixas em todas as fazendas.
Dahas destaca que o gado é de extrema qualidade e, predominantemente, Nelore. “Os animais vêm de diversos estados, como Tocantins, Pará, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e São Paulo. A excelência no tipo dos animais é de encher os olhos”, constata o veterinário,

Outro ponto importante diz respeito aos dejetos do confinamento, todos canalizados às lagoas de decantação, onde é feita a coleta do esterco para uso nas pastagens e lavouras, enriquecendo o solo da fazenda.

Outros negócios – Além do confinamento, os Bergamini também produzem carvão e grãos. “O carvão é produzido a partir da madeira de eucalipto reflorestado. Feijão e milho são cultivados em outras propriedades ao redor da sede”, destaca Olavo Bottino, médico veterinário e técnico do Confina Brasil.

Além da pecuária, o grupo também trabalha com piscicultura, especialmente em produção de tilápia. “A família é apaixonada por cavalos e cria animais para tropa de campo, lida do gado e animais da raça Quarto de Milha e Paint Horse”, informa Bottino.  (Texto Comunicação – SP).

Agro brasileiro alia tecnologia e sustentabilidade para produzir alimentos

A solenidade de abertura do 20º Congresso Brasileiro do Agronegócio (CBA), uma realização da Associação Brasileira do Agronegócio (ABAG), em parceria com a B3, A Bolsa do Brasil, promovida na segunda-feira, dia 2 de agosto, mostrou como o setor tem buscado aliar tecnologia e sustentabilidade para atender as demandas nacionais e globais de alimentos seguros e saudáveis.

Com o tema Nosso Carbono é Verde, o evento online está sendo acompanhado por mais de 8000 participantes e terá ainda três painéis: Energia Limpa e Sustentável, Brasil Verde e Competitivo, e O Futuro do Agro no Comércio Mundial, com a participação de renomados especialistas.

Marcello Brito, presidente do Conselho Diretor da ABAG, anunciou em seu discurso na solenidade de abertura que as emissões relativas ao evento e a todas as atividades da entidade foram mitigadas. “No ano passado, usamos os CBIOS. Neste ano, o carbono florestal, em concordância com o tema de nosso Congresso. Esta ação foi possível por meio da BMV – Brasil Mata Viva, que leva ao mercado global o produto do agro que vem da agricultura de conservação de floresta. Somos o único agro do mundo que integra a agricultura de conservação com a agricultura de produção de alimentos e energia”.

Ele comentou que o relatório de monitoramento de imagem do Brasil no exterior no primeiro semestre mostrou que começou um entendimento e reconhecimento por parte da mídia internacional da distância existente na vasta maioria da produção agrícola nacional da questão amazônica, fato não observado em relação a pecuária. “Contudo, a imagem negativa do país no exterior se consolida”, pontuou Brito.

Tereza Cristina

A agenda do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento tem sido guiado pela sustentabilidade, por isso o Plano Safra ampliou os investimentos para a linha do Programa ABC. Na solenidade de abertura do 20º Congresso Brasileiro do Agronegócio, a ministra Tereza Cristina, ressaltou o potencial do país ser o principal fornecedor de alimentos de baixo carbono do planeta, e as prioridades da pasta em avançar na efetiva implementação do Código Florestal, com a introdução de tecnologias de geoprocessamento e análises automatizadas do cadastro rural. “Essa legislação é fundamental para que o Brasil se torne líder da agenda global da sustentabilidade aliado ao agronegócio”, disse a ministra, que avaliou a importância de direcionar o modelo de negócios e produção aos critérios ESG, ou seja, aliar melhores práticas, cuidar do meio ambiente e ter ações de responsabilidade social. Ao final, ela comentou sobre sua participação na pré-Cúpula dos Sistemas Alimentares das Nações Unidas (ONU), realizada em Roma, na semana passada, no qual os países americanos trabalharam de forma integrada para formatar as 16 mensagens de consenso sobre o tema.

Tarcísio Gomes

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, destacou o protagonismo brasileiro nas cadeias alimentares e na energia no mundo e o papel do agronegócio como alavanca para o desenvolvimento do país e responsável pelo superávit da balança comercial. Segundo ele, a infraestrutura deve caminhar junto com o setor para atender suas demandas, bem como os padrões ESG. Por isso, a pasta está investindo em diversos modais e inserindo noção de sustentabilidade para estruturação dos novos projetos.

A abertura do evento também contou com os pronunciamentos do secretário da Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, Itamar Borges, que o agronegócio é um setor primordial para o Estado de São Paulo e para o Brasil; e deputado federal Sérgio Souza, presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária, que salientou a importância de demostrar ao mercado interno e para o mundo como o país produz alimentos de forma sustentável.

Homenagens

O 20º Congresso Brasileiro do Agronegócio homenageou o ex-ministro Alysson Paolinelli, indicado ao Nobel da Paz 2021, que agradeceu por esse tributo, ressaltando o papel de toda a cadeia produtiva para essa transformação de um país importador de alimentos para o maior exportador do mundo.

O ex-ministro Roberto Rodrigues, coordenador do FGVAgro, disse na apresentação que Paolinelli é maior brasileiro vivo, pois fez uma revolução no agro nacional, ao implementar um programa de aplicação de tecnologia e sustentável, transformando o Brasil na atual potência na produção e exportação de alimentos, energia e fibras.

A ministra Tereza Cristina recebeu o Prêmio Ney Bittencourt de Araújo – Personalidade do Agronegócio. Já o Prêmio Norman Borlaug – Sustentabilidade foi entregue à Celso Moretti, presidente da Embrapa. (Mecânica Comunicação – SP).

Megaleilão CFM

Olá pecuaristas! está chegando a hora.

Nesta 5ª feira, dia 5 de agosto, será realizado o Megaleilão Nelore CFM.

São 500 touros nascidos em 2019 e prontos para trabalhar na próxima estação de monta. São os melhores touros da safra da Agro-Pecuária CFM. E a CFM você conhece: seleciona touros nelore há mais de quatro décadas. É confiança e garantia.

Frete sem custo para Novo Progresso e Redenção, no Pará; Santa Inês, no Maranhão; Correntina e Feira de Santana, na Bahia.

A entrega é gratuita para São Paulo, Mato Grosso do sul, Mato Grosso, Minas Gerais, Goiás e Tocantins, além de toda a malha rodoviária do país, no caso de carga fechada, ou seja, de 14 a 26 animais.

Então, coloque na sua agenda: nesta quinta-feira, a partir das 13h, Megaleilão CFM. Transmissão ao vivo pelo canal do boi.

Mais informações: www.agrocfm.com.br e telefone (17) 99775-3618

Confira os destaques do Conexão Rural para o próximo fim de semana:

Esquenta ExpoGenética 2021 apresenta entrevista com Mariana Alencar, gerente do Programa de Melhoramento Genético da ABCZ, o PMGZ Leite, sobre as dificuldades que o produtor enfrenta para produzir leite no Brasil;

Teremos ainda uma entrevista exclusiva como deputado federal Joaquim Passarinho (PSD-PA), sobre os projetos em tramitação na Câmara de interesse do produtor rural e do homem do campo de um modo geral;

Na parte musical, teremos a dupla brasiliense Hyan e Alessandro.

Em Imperatriz, o Conexão Rural pode ser visto pela TV Web O PROGRESSO, no nosso canal no You Tube e na parabólica via TV Milagro Brasil.
Link
Relacionadas »
Comentários »
Loading...