MENU

31/07/2021 às 21h07min - Atualizada em 31/07/2021 às 21h07min

PC-CE desativa fábrica clandestina de bebidas alcoólicas em Fortaleza

Ascom PC - CE
Foto: Divuilgação - Ascom PC-CE
 
A Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE) localizou e desativou, nessa sexta-feira (30), uma fábrica clandestina de bebidas alcoólicas, além de prender em flagrante o proprietário do estabelecimento irregular. Todo o trabalho policial ocorreu no bairro Granja Portugal – Área Integrada de Segurança 2 (AIS 2) do Estado. O material foi colhido e parte dele entregue para Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce), com o intuito de identificar a composição das bebidas.

Na manhã de ontem, equipes de policiais civis lotados na Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos e Carga (DRFV) diligenciavam pelas ruas do bairro Granja Portugal, a fim de localizar uma carga de bebidas, que foi tomada de assalto na última semana. Já na região, os agentes receberam a informação que um imóvel situado na Rua Oliveira Sobrinho era usado como fabricação e venda de bebidas com valores abaixo do mercado.

De posse do endereço exato, os investigadores foram até o imóvel e foram recebidos pelo proprietário, que indagado pela ação criminosa, confessou a autoria do crime e autorizou a entrada dos agentes. O homem, que foi identificado como Francisco Edio da Penha Dias (45), já possui antecedentes criminais por estelionato.

Ainda no local, os policiais civis encontraram e apreenderam vários litros de bebidas divididas em galões, rótulos e garrafas vazias de marcas caras, além de selos falsificados. Com isso, o suspeito e todo material foram conduzidos à especializada. Na unidade, Edio foi autuado em flagrante por incolumidade pública, pois ele fabricava, falsificava e vendia bebidas adulteradas.

Denúncias

A população pode contribuir com as investigações repassando informações que auxiliem os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas para o número (85) 3101- 2489, da Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos e Carga (DRFV).

E também para número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ou para o (85) 3101-0181, que é o número de WhatsApp, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem, áudio, vídeo e fotografia. O sigilo e o anonimato são garantidos.
 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...