MENU

27/07/2021 às 19h00min - Atualizada em 27/07/2021 às 19h00min

Blitz educativa conscientiza motociclistas para uso adequado de dispositivos de segurança

Ação é realizada em parceria pelos Agentes de Trânsito e Polícia Rodoviária Federal

Gil Carvalho
Agentes de Trânsito e policiais rodoviários federais mobilizados na blitz educativa alusiva ao Dia do Motociclista na Avenida Dorgival Pinheiro de Sousa - Foto: Gil Carvalho
 
Para comemorar o Dia do Motociclista, a Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (Setran), em parceria com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), Sest-Senat, e a iniciativa privada, realizou nesta manhã, 27 de julho, atividades educativas com objetivo de conscientizar motociclistas a reduzir os riscos de sinistros de trânsito em  Imperatriz.

A coordenadora de Educação para o Trânsito, Teresinha Miranda, destacou a importância da blitz educativa realizada na Avenida Dorgival Pinheiro Sousa, no Centro, que orientou dezenas de motociclistas sobre o modo seguro e responsável de conduzir o veículo.

“Temos falado que no trânsito a responsabilidade salva-vidas, principalmente dos motociclistas por ser um transporte vulnerável que chega em qualquer lugar mais rápido e ‘livre de congestionamentos”, disse ela, que recomenda a prática de direção defensiva a todos os motociclistas, que circulam nas vias públicas de Imperatriz.

A coordenadora observou durante a ação que “mais de noventa por cento dos motociclistas não utilizam o cinto do capacete, como também o uso de sandálias tipo havaianas quando estão conduzindo motocicletas, proibido pelo Código de Trânsito Brasileiro” (CTB).

Segundo ela, a orientação é que seja utilizado de forma correta o capacete, equipamento de segurança do motociclista e de uso obrigatório. “Colocar o capacete na cabeça por si só não é suficiente para garantir que, em caso de acidente, danos físicos na região do crânio sejam minimizados, mas usar o cinto jugular de forma correta”, frisa.

O secretário de Trânsito, Leandro Braga, enfatizou a importância de ações como a blitz educativa como forma de conscientizar os condutores e preservar vidas. “É necessários que todos os motociclistas redobrem os cuidados no trânsito, observando respeito à legislação”, reitera.

O inspetor Santos Júnior, coordenador de Educação de Trânsito da Polícia Rodoviária Federal (PRF) do Maranhão, assinalou que o objetivo dessa ação em parceria com a Setran é contribuir para reduzir os acidentes e salvar vidas de motociclistas em  Imperatriz.

“Nós pedimos a todos os motociclistas que se solidarizem com a PRF e a Setran, utilizando o capacete corretamente, calçado adequado e o uso correto da antena para evitar acidentes com pipas de cerol”, conclamou.

Ele observa que estatísticas comprovam que os sinistros com motos representam 60 a 70 por cento dos leitos hospitalares ocupados em todo Brasil. “O que nós queremos é não atender mais acidentes, mas para isso precisamos evoluir na cultura viária e da educação de trânsito”, pontuou.

O motociclista José Antônio, que reside na zona rural do município de João Lisboa, passou pela blitz educativa e considerou positiva a ação realizada pelos órgãos de segurança viária em Imperatriz.

Ele contou que pilota motocicleta com redobrada atenção para evitar acidentes nas vias urbanas de Imperatriz, observando sempre o fluxo de veículos pelo retrovisor e utilizando de forma adequada o capacete. “Presto atenção em todos os itens de segurança, como a jugular do capacete”, concluiu. 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...