MENU

14/07/2021 às 21h29min - Atualizada em 14/07/2021 às 21h29min

​Com queda de novos casos, Araguaína libera música ao vivo e estende horário comercial

Está liberado o uso de voz e violão em bares e restaurantes, mantendo suspenso os espaços dançantes e outras regras de distanciamento

Ascom Araguaína/Marcelo Martin
Foto: Ascom Araguaína/Marcos Sandes

Com queda de 25% na contaminação por covid-19, a Prefeitura de Araguaína flexibilizou novamente algumas regras sanitárias. Bares e restaurantes poderão retornar com a música ao vivo e o comércio terá uma hora a mais de funcionamento. A medida também reduz o impacto financeiro no setor cultural, um dos mais afetados pela crise causada da pandemia.

O Decreto 063/21, publicado no Diário Oficial 2.346, autoriza o uso de voz e violão em bares e restaurantes, das 6 às 23 horas, com tolerância máxima até a meia noite. Foi mantido suspenso os espaços dançantes e é obrigatório o isolamento do local se necessário. O show só poderá ser realizado com autorização da fiscalização municipal, obedecendo ainda as regras contra poluição sonora, sob pena de apreensão dos instrumentos e multas.

Já o comércio em geral, que tinha limite de funcionamento às 18 horas, ganha uma hora mais para o atendimento aos clientes, podendo estar aberto das 8 às 19 horas.

Sem aglomeração
As medidas de segurança e restrições estabelecidas anteriormente continuam, com máximo de seis pessoas por mesa e distanciamento de 1,5 metro entre elas, sendo também obrigatório o uso de máscaras para as pessoas que estiverem em pé, mesmo que para ir ao banheiro ou ao caixa.

Festas e evento, sem autorização prévia do Demupe continuam proibidas. A aglomerações acima de 8 pessoas em chácaras ou propriedades privadas, será considerada infração. Estão proibidas também as viagens na modalidade excursão, para fora do estado, com saída do Município de Araguaína, para finalidades de excursões turísticas e esportivas.

Menos ocupação e mortes
A ocupação dos leitos de UTI exclusivos para covid-19 vem reduzindo e chegou aos 85%, menor índice desde março. A mesma tendência acontece com os leitos clínicos, que está em 54%.

Menos contaminação
Segundo dados consolidados da Secretaria Municipal da Saúde, de 2 julho até 2 de junho, foram registrados 3.682 casos positivos, enquanto de 2 de junho a 2 de maio, 2.712 novas confirmações.

Mais vacinação
Enquanto isso a vacinação avança em Araguaína, atendendo a partir desta quarta-feira, 14, o público entre 35 e 42 anos, e retomando a vacinação para pessoas dos grupos prioritários que perderam o prazo. O Vacinômetro do Município aponta que 66.255 pessoas receberam a primeira dose contra covid-19 e 21.500 moradores já estão completamente imunizados.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...