MENU

10/07/2021 às 10h14min - Atualizada em 10/07/2021 às 10h14min

Polícia Civil prende mais um envolvido em crime de extorsão mediante sequestro praticado em uma agência bancária de Porto Nacional

O crime ocorreu no final do mês de junho e foi solucionado pela PC-TO.

Rogério de Oliveira
Ascom PC/TO
Homem suspeito de participação em sequestro de gerente de banco é preso pela Polícia Civil em Silvanópolis - Foto: Polícia Civil do Tocantins
  
Um homem de 25 anos, apontado como um dos envolvidos em um crime de extorsão, mediante seqüestro, praticado contra uma instituição financeira de Porto Nacional, foi preso pela Polícia Civil, na manhã desta sexta-feira, 9, mediante ação realizada por policiais civis da 7ª Divisão de Combate ao Crime Organizado (7ª DEIC), de Porto Nacional.

A operação montada para capturar o indivíduo foi comandada pelo delegado-regional, Túlio Pereira Motta, e foi deflagrada às 7h30, de hoje, no município de Silvanópolis, depois que investigações da unidade policial especializada apontaram que o indivíduo estaria naquela cidade.

De acordo com a autoridade policial, o delito que gerou repercussão estadual aconteceu no último dia 28 (28/06/2021). Ainda na data do fato, a polícia civil conseguiu identificar e capturar o mandante dos crimes de extorsão, mediante sequestro, praticados contra a tesoureira e o gerente da instituição financeira. Em seguida, a Polícia Militar efetuou a apreensão de um adolescente, apontado como sendo um dos executores do ilícito.

O delegado-chefe da 7ª DEIC, Túlio Pereira Motta, esclarece que desde a data do fato, as equipes de investigação da unidade especializada tem se dedicado em localizar e prender todos os envolvidos no crime.

“Exatamente 10 dias depois do fato conseguimos prender mais um dos envolvidos nos crimes. As diligências estão sendo realizadas com a cautela necessária para o bom desfecho do procedimento policial, sendo que até o momento todos os presos têm colaborado com a investigação, uma vez que não há divergência entre versões apresentadas por eles até o momento”, frisa a autoridade policial.

O delegado afirma que dois indivíduos ainda se encontram foragidos, mas que as investigações foram intensificadas a fim de que todos possam ser localizados e responsabilizados, conforme a legislação penal vigente. Túlio Pereira destaca ainda que a prisão não teria sido efetuada sem a ajuda da comunidade portuense e da população da cidade de Silvanópolis, que tem contribuído para a completa elucidação do caso.

O homem preso nesta sexta-feira foi encaminhado à Casa de Prisão Provisória de Porto Nacional, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...