MENU

06/04/2021 às 00h00min - Atualizada em 06/04/2021 às 00h00min

Prefeitura registra ocorrência contra presidente de Câmara por suspeita de furto de energia

O ‘gato’ estaria abastecendo uma barraca do vereador às margens da BR-230 em Luzinópolis

Da Assessoria
Barraca que pertenceria ao vereador Guedy Garapeiro (PTB), Presidente da Câmara de Luzinópolis - Fotos: Divulgação
Luzinópolis (TO) - A Prefeitura de Luzinópolis, na região do Bico do Papagaio, registrou boletim de ocorrência na Polícia Civil contra o presidente da Câmara Municipal da cidade, vereador Agleydsow Soares Sá, o Guedy Garapeiro (PTB), de 41 anos, por suspeita de furto de energia elétrica. Quem assina a comunicação de crime é o advogado da prefeitura Matheus Silva Brasil.

Segundo a ocorrência, a prefeitura recebeu denúncia anônima relatando que o vereador teria feito uma ligação clandestina em unidade consumidora registrada em nome do município para funcionamento de sua barraca de caldo de cana às margens da BR-230.

A denúncia foi registrada na Polícia Civil no dia 31 de março. A prefeitura disse ainda ter detectado um elevado consumo de energia sem que a unidade consumidora estivesse sendo utilizada por parte do órgão público.

“A prefeitura municipal realizou vistoria in loco e detectou a existência de um cabo elétrico desviando energia para uma barraca onde é comercializado a venda de caldo de cana de propriedade do vereador”, afirma o boletim de ocorrência.

Conforme o documento, a concessionária de energia elétrica, a Energisa, já foi informada para realizar vistoria no local. O vereador deve ser investigado pelo crime de furto, previsto no artigo 155 do Código Penal.

A reportagem fez diversas tentativas de contato com o parlamentar, mas não obteve esclarecimentos até o fechamento da edição. Caso o vereador dê sua versão para o episódio, publicaremos.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...