MENU

15/01/2021 às 00h00min - Atualizada em 15/01/2021 às 00h00min

Comerciante suspeito de matar namorada é preso em Imperatriz

Wendel Silva Machado, 24 nos, foi preso quando bebia em um bar localizado no Bacuri, como se nada tivesse ocorrido

Dema de Oliveira
Wendel Silva Machado se encontra à disposição da justiça - Foto: Divulgação/Redes sociais
Policiais do 3º BPM prenderam na noite desta quarta-feira (13) o comerciante Wendel Silva Machado, suspeito de ser o autor do assassinato de Carla Tayra Sousa de Oliveira, cujo corpo foi encontrado às margens da Avenida Pedro Neiva de Santana, no Camaçari, em Imperatriz. 

Wendel Silva Machado, 24 anos, que é comerciante na cidade de Amarante do Maranhão, distante 115 km de Imperatriz, foi preso quando bebia tranquilamente em um bar no bairro Bacuri, em Imperatriz. No local, os policiais apreenderam a caminhonete Hilux, cor prata, que o comerciante conduzia quando teria levado o corpo da jovem Carla Tayra para ser desovado no Camaçari. No veículo, foram encontradas manchas de sangue humano, conforme informações do perito Humberto Carvalho. 

Segundo informações de familiares de Carla Tayra, ela e Wendel se conheceram pela internet e sempre tiveram uma relação conturbada. Wendel sempre a agredia, se separavam e reatavam com a promessa de mudança dele, até que o pior aconteceu. Ele ameaçava de matar toda a família de Carla Tayra, caso ela não reatasse com ele, por isso, além da promessa de mudança, ela acabava voltando.

Wendel Silva Machado foi autuado em flagrante delito por crime de feminicídio, e pode pegar entre 12 e 30 anos de prisão. Ontem pela manhã, ele foi transferido da Delegacia Regional de Polícia Civil para a Unidade Prisional de Ressocialização de Imperatriz (UPRI), onde se encontra à disposição da justiça. Hoje ele deverá ser submetido a audiência de custódia, ocasião que a justiça poderá confirmar ou não a prisão preventiva em seu desfavor. 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...