MENU

26/11/2020 às 00h00min - Atualizada em 26/11/2020 às 00h00min

Projeto Natação nas Escolas é iniciado

Alunos da rede municipal de ensino durante a aula inaugural com o professor Sandro Medeiros

Dema de Oliveira
Foto: Patrícia Araújo
A Prefeitura Municipal de Imperatriz, por meio da Secretaria Municipal de Educação, Semed, com apoio da Secretaria Esporte Lazer e Juventude, Sedel, iniciou nesta terça-feira, 24, o projeto Natação nas Escolas, com aulas práticas, na piscina olímpica do Complexo Esportivo Barjonas Lobão.

Inicialmente, o projeto está contemplando alunos de escolas da rede municipal de ensino, localizadas no entorno do Complexo Esportivo Barjonas Lobão, onde as aulas de natação estão sendo ministradas.

O coordenador de Semed, professor Sandro Medeiros, informou que o Natação nas Escolas deveria ter sido iniciado no começo de 2020. Mas devido a pandemia da Covid-19, teve de ser paralisado até segunda ordem, que aconteceu somente agora. “Esse projeto já era para ter sido iniciado, mas devido a pandemia, todos os projetos esportivos e projetos educacionais, tiveram de ser paralisados. Mas com a liberação das praças esportivas por decreto da Prefeitura, resolvemos dar o ponta pé inicial”, levando em consideração as ressalvas sanitárias”, enfatizou Sandro Medeiros.

Natação nas Escolas foi projetado para contemplar 400 alunos, mas teve de ser reduzido para apenas 100, devido ao problema da pandemia. É um projeto piloto que inicialmente vai atingir sete escolas, todas localizadas no entorno do Complexo Esportivo Barjonas Lobão, como: Wady Fiquene, Sucesso da Criança, Luís de França, Costa e Silva, Renato Cortez, Tocantins e Frei Manoel Procópio.

Participam em média 14 crianças de 11 a 13 anos por escola, cujo número será alterado, de acordo com a diminuição da pandemia. O professor Sandro Medeiros informou que a ideia é estender a outros bairros, com a disponibilização de transportes para as crianças. “A semente está sendo plantada, porque a natação hoje está muito cara, tendo em vista que a maioria são de colégios particulares e essa piscina olímpica do município é a única em atividade em todo o estado. Não poderíamos deixar de estar usando esse espaço para beneficiar as crianças das escolas municipais de Imperatriz”, destacou Sandro.

O projeto era para ser desenvolvido duas vezes por semana, entretanto, devido os problemas sanitários, será apenas uma vez para cada escola, com atividades de terça-feira à sexta-feira, de 8h às 10h da manhã, contemplando 14 crianças por escola. 

O secretário da Semed, José Antônio Silva Pereira, destacou que esse projeto “além de fomentar a prática esportiva, auxilia no desenvolvimento da criança. Também passamos a utilizar os equipamentos públicos do município com maior frequência, que é o caso da piscina olímpica do Barjonas Lobão”.

Luiz Gonzaga, secretário da Sedel, em parceira com a Semed, nesse projeto, disse que esse projeto é muito valioso, que contempla o bom aluno nas escolas. “Estamos coesos com mais essa parceria com a Semed. Estamos para somar para que essas crianças possam desenvolver suas atividades esportivas, não só na natação, como também em outras modalidades esportivas. Para isso, contamos sempre com o apoio do prefeito Assis Ramos, que tem criado situações favoráveis para que possamos desenvolver um trabalho de grande envergadura”, disse Luizinho.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...