MENU

12/12/2022 às 18h45min - Atualizada em 12/12/2022 às 18h45min

Policial militar é vítima de assalto

A onda de ladrões em Imperatriz está tão grande que nem policial está escapando

Dema de Oliveira
Sargento Adriel, quando do assalto de domingo - Foto: Divulgação/Redes Sociais
 
O Sargento da Polícia Militar Adriel, ex-componente da equipe ‘Cobra’, que era composta ainda por Jeovan, conhecido por ‘Cobra’, que deu origem à equipe, morto em 2020, acometido de covid, Pedro Luis e Odorico, foi assaltado na manhã do último domingo. 

A equipe ‘Cobra’ que tinha o respeito da população de Imperatriz, pelo combate ferrenho que fazia contra os bandidos, e foi extinta pelo então Tenente Coronel Marcos Antonio Alves, que comandou o 3º BPM.

Descontraído, em um domingo pela manhã, de chinelo, camisa do seu time do coração, o sargento Adriel resolveu ir em uma mercearia, próximo a sua residência. Como jamais poderia imaginar que seria alvo de assalto, em total descontração, nem saiu armado. 

Quando se encontrava na mercearia, foi surpreendido por um criminoso, que anunciou o assalto e roubou celulares dele e da moça do caixa e um cordão que o militar usava. Adriel entregou os pertences sem esboçar qualquer reação, como manda o manual de qualquer instituição policial.

Diligências apontam que o criminoso teria sido beneficiado com saída temporária e não teria retornado ao abrigo, onde estava sob custódia. 

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
OPROGRESSONET Publicidade 1200x90